Jogada 10 Ex-atacante Somália sofre AVC, e amigos mobilizam redes por orações

Ex-atacante Somália sofre AVC, e amigos mobilizam redes por orações

Ex-Fluminense, Grêmio, São Caetano, entre outros, fazia visita aos pais em Ipatinga quando se sentiu mal e precisou ser internado

Jogada 10

Reprodução/Instagram @somaliajogador

O ex-atacante Somália, de 46 anos, sofreu um AVC hemorrágico neste sábado (2) e está internado na cidade mineira de Ipatinga. Com passagens por clubes como Fluminense, Botafogo, Grêmio e São Caetano, o ex-jogador fazia visita aos pais quando se sentiu mal e precisou de atendimento médico, de acordo com Denis Ricardo, um dos ex-companheiros de Somália no América-MG, clube que o revelou para o futebol.

Por meio das redes sociais, amigos pedem oração pela recuperação do ex-atleta, que passou por uma tomografia após sentir muitas dores na cabeça. Ele aguarda novos exames e a avaliação de neurologistas.

Lateral do Cruzeiro em 2003, temporada da Tríplice Coroa, Leandro também reforçou a mobilização em prol da saúde do amigo.

“Galera, cada um com sua crença, cada um com suas orações, vamos firme nessa corrente aí. Somália teve um AVC , ele vai sair dessa esse Negão é FORTE”, escreveu Leandro.

Somália ganhou destaque nacional

Natural de Nova Venécia, no Espírito Santo, Somália começou sua trajetória profissional pelo América-MG em 1996. Dois anos depois, foi vendido para NK Celj, da Eslovênia. Na Europa, também atuou pelo Feyenoord, da Holanda. De volta ao Brasil, defendeu o São Caetano em 2001, quando o clube do ABC Paulista viveu seus anos dourados, com o título do Campeonato Paulista de 2004 e os vice-campeonatos do Brasileirão e da Libertadores de 2001 e 2002, respectivamente.

Depois de passagens sem tanto destaque por outras equipes, retornou ao Azulão em 2007 para se firmar como o artilheiro do Estadual. Seu desempenho atraiu o interesse do Fluminense, que o levou para as Laranjeiras ainda naquele ano. Pelo Tricolor carioca, anotou dez 10 gols e foi vice-campeão da Libertadores-2008. Ainda jogou por Grêmio e Botafogo antes de ganhar destaque no Boavista, do Rio de Janeiro, já na reta final da carreira.

Brasileirão 2023 deve ter maior pontuação da história para fugir da Série B; veja outras edições

Últimas