Jogada 10 Diniz revela ‘corte’ de Paquetá de última hora e conversa com Neymar

Diniz revela ‘corte’ de Paquetá de última hora e conversa com Neymar

Treinador da Seleção fala que meia estava convocado, mas decidiu tirá-lo da lista. Além disso revelou que Neymar está empolgado com...

Jogada 10
Jogada10

Jogada10

Jogada 10

O técnico Fernando Diniz convocou nesta sexta-feira (18), os jogadores que vão defender a Seleção Brasileira nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. E o treinador não conseguiu escapar das perguntas sobre Neymar e Lucas Paquetá em sua primeira coletiva como comandante do Brasil.

Lucas Paquetá é quem mais chamou a atenção. O meia está na mira da Federação Inglesa (FA) por conta de uma suposta participação em um esquema de violações de apostas esportivas no Reino Unido. Diniz revelou que o jogador estava na lista, mas decidiu cortar o atleta para preserva-lo.

“Eu sou um cara que, o que me protege na minha vida inteira, é a verdade. Paquetá estava na lista. É um jogador que eu gosto muito. É uma questão de preservação, deixá-lo ele resolver essas questões, que excedem o jogo. Deixá-lo mais à vontade para resolver. Tivemos estes problemas aqui no Brasil. Isso precisa do fator tempo para que as coisas se esclareçam. É um jogador que eu adoro, embora nunca tenhamos trabalhado juntos. A CBF vai estar com as portas abertas para recebê-lo assim que ele resolver positivamente essas questões que tivemos de última hora”, falou Fernando Diniz.

E o Neymar, Diniz?

Além disso, o treinador da Seleção Brasileira não conseguiu fugir do assunto Neymar. O camisa 10 da Seleção Brasileira acertou sua transferência para o Al-Hilal, da Arábia Saudita, o que gerou questionamentos sobre a presença do atacante nesta lista.

“De fato o Neymar externou o desejo de trabalharmos juntos e a vontade de repensar a passagem dele na Seleção. Conversei com ele, e ele se mostrou disposto e feliz. Em relação a ele, vocês já sabem o que penso. É um talento muito raro do futebol mundial. Acredito que ele merece, até o final da sua carreira, escrever o capítulo mais bonito dessa história, que eu acho que ainda não foi escrito”, contou o treinador.

Por fim, Diniz afirmou que as convocações de jogadores que atuam na Arábia Saudita, vão se tornar comum. Assim, os torcedores vão precisar se acostumar.

“É uma novidade para o mundo do futebol essa inserção da Arábia Saudita. Na aquisição de jogadores com idade para ainda estar na Europa. Passaremos a olhar. Não sabemos como será para frente. É o desempenho deles que vai dizer. E quando eles forem convocados, como vão desempenhar dentro da seleção”, finalizou o técnico.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas