Jogada 10 De volta ao Cruzeiro, Rafa Silva ressalta evolução física: ‘Muito melhor’

De volta ao Cruzeiro, Rafa Silva ressalta evolução física: ‘Muito melhor’

Atacante volta à Raposa após um ano no futebol coreano. Algumas lesões atrapalharam sequência em sua outra passagem

Jogada 10
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Foto: Divulgação/Cruzeiro

Jogada 10

Velho conhecido! O Cruzeiro confirmou a volta do atacante Rafa Silva, na última quinta-feira (21). O jogador havia atuado pela equipe mineira em 2022, mas, sem muita frequência, já que teve uma sequência de três lesões. Assim, a sua condição física se torna uma desconfiança neste retorno à Raposa.

Em entrevista ao canal Samuel Venâncio, Rafa detalhou que, em 2023, passou por uma adaptação na parte física.

“Nenhum jogador gosta de ficar de lesão, comigo não é diferente. Eles (fisioterapeutas) falaram: esse é um ano (2023) pra você se preparar, você vai estar bem mas pode sentir uma coisa aqui e outra ali que é normal, é um ano adaptativo pra você. Foi o que aconteceu. Quando estive em campo fiz bons jogos e consegui me destacar”, esclareceu o atleta.

Em seguida, indicou o trabalho que fez com o fisioterapeuta Bruno Mazzioti como diferencial. Por fim, demonstrou confiança sobre uma maior regularidade em campo na próxima temporada.

“Depois disso, o Bruno Mazzioti falou pra mim: Rafa, se você sentir alguma coisa no ano de 2023, pode me cobrar. Eu não senti nada, fui super bem e isso foi uma vitória pra mim. Me sinto muito preparado, muito melhor fisicamente (de) cabeça e tudo pra poder fazer um excelente 2024.”, acrescentou.

Falta de gols em 2023

Nesta temporada, Rafa Silva voltou ao futebol asiático para defender o Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul. Em resumo, ele esteve em campo em 25 partidas, marcou três gols e deu duas assistências. A despeito da poucas vezes em que balançou a rede dos adversários, o atacante justificou a alta rotatividade de treinadores no comando.

“Não encaixou. Trocaram três vezes de treinadores, colocaram treinador coreano, treinador estrangeiro e aí ficou meio confuso. Ficou uma confusão danada, e eu cheguei a jogar até de volante. Sempre longe do gol, muito de beirada, não podia entrar pra dentro pra fazer jogada individual. Isso dificultou muito pra mim”, disse.

Primeira passagem e retorno ao Cruzeiro

Em seu momento inicial no Cruzeiro, o jogador também chegou sob desconfiança, pois atuava no futebol chinês e sofreu com lesões. O problema o atrapalhou a ter sequência em Minas. Em 2022, ele sofreu com uma lesão no pé direito, sendo desfalque por quase um mês.

Ao receber o aval para voltar a atuar, pouco tempo depois, o atacante teve a segunda contusão, dessa vez muscular, na coxa direita. Já a última ocorreu em outubro daquele ano, quando passou por uma ruptura total do tendão próximo ao joelho direito. Mesmo com os problemas físicos, seu estafe e a diretoria do Cruzeiro até abriram conversas por uma renovação, mas não chegaram a um acordo.

Apesar da pouca frequência em campo, Rafa foi um dos principais jogadores em 2023. Afinal, ele conseguiu anotar seis gols; terceiro artilheiro, atrás apenas de Edu e Luvannor, além de três assistências. Devido ao desempenho marcante no time mineiro, a torcida pedia que ele voltasse.

“Nesse ano todo (2023), não parei de receber mensagem de torcedores pedindo pra voltar. Mexeu muito comigo. Agora, com o final do ano e as especulações, as mensagens aumentaram. Esse carinho que a torcida tem por mim é maravilhoso e contou muito pra minha volta,” finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociaisTwitterInstagram e Facebook

Últimas