Jogada 10 Cruzeiro marca nos acréscimos, vence o Goiás e deixa o Z4 do Brasileirão

Cruzeiro marca nos acréscimos, vence o Goiás e deixa o Z4 do Brasileirão

Gol de Robert aos 50 minutos pode garantir permanência da equipe mineira na Série A, que agora está na 13ª posição

Jogada 10
Com gol no finalzinho, o Cruzeiro venceu o Goiás fora de casa e deixou o Z4

Com gol no finalzinho, o Cruzeiro venceu o Goiás fora de casa e deixou o Z4

Flickr/Cruzeiro Esporte Clube - 27/11/2023

Deu Cabuloso no duelo dos desesperados. Nesta segunda-feira (27), no encerramento da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro 2023, o Cruzeiro visitou o Goiás e venceu o time esmeraldino por 1 a 0 no estádio da Serrinha. O gol do time mineiro foi marcado por Robert, no apagar das luzes, aos 50 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Cruzeiro dá um salto enorme na tabela na busca para escapar do rebaixamento. A Raposa chegou aos 44 pontos e agora está na 13ª colocação. O Bahia, porém, volta ao Z4. O Goiás, por sua vez, permanece com 35 pontos, na 18ª colocação, e está praticamente rebaixado para a Série B.

Primeiro tempo

A etapa inicial foi de amplo domínio do Cruzeiro, que criou boas oportunidades de balançar as redes. Na hora da conclusão, porém, o time mineiro pecou bastante.

A melhor das chances foi com Bruno Rodrigues, que tabelou com Matheus Pereira e recebeu em profundidade para sair cara a cara com Tadeu. Na hora da finalização, contudo, o camisa 9 tentou driblar e acabou desarmado.

Antes do intervalo, houve tempo de uma reclamação geral do time cruzeirense. Após bola levantada na área, Wesley recebeu na segunda trave, mas não conseguiu finalizar como queria. A bronca ficou por conta de um puxão de Luís Oyama no atacante da Raposa, o que atrapalhou na hora da conclusão. O juiz mandou seguir, e o VAR nem sequer recomendou a revisão.

Segundo tempo

A etapa final, ao contrário dos primeiros 45 minutos, foi menos movimentada. As equipes seguiram em busca do gol, mas com menos cautela do que anteriormente. Do lado do time da casa, Vinicius chegou com perigo, mas chutou fraco e parou em defesa tranquila de Rafael Cabral.

Dieguinho e Breno Herculano assustaram na sequência. O primeiro em chute que desviou e saiu em escanteio, enquanto o segundo cabeceou por cima em bola levantada na área. O Cruzeiro também chegou com perigo, especialmente com Mateus Vital e Rafael Elias. Tadeu, porém, com grandes defesas, evitou que a rede fosse balançada.

O empate parecia definido, mas o Cabuloso foi valente e fez o gol da vitória aos 50 minutos. Bruno Rodrigues inverteu jogo para Robert, que dominou na entrada da área e bateu no cantinho de Tadeu.

E agora?

Goiás e Cruzeiro voltam a campo na quinta-feira, pela 36ª rodada do Brasileirão 2023, a penúltima da competição. O Esmeraldino encara o Grêmio, fora de casa. A Raposa, porém, tem compromisso em casa, com o Athletico-PR.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2023 – 35ª rodada
Data:
27/11/2023, às 21h (de Brasília)
Local: estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Público: 6.463 pagantes e 9.143 presentes
Renda: R$ 178.900
GOIÁS: Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo e Dieguinho; Willian Oliveira, Higor Meritão (Luís Oyama, 37’/1ºT), Guilherme Marques (Pedrinho, 29’/2ºT) e Julián Palacios (Anderson Oliveira, 29’/2ºT); Matheus Babi (Apodi, 10’/2ºT) e Vinicius (Breno Herculano, 29’/2ºT). Técnico: Mário Henrique
CRUZEIRO: Rafael Cabral; William, Neris (João Marcelo, 32’/2ºT), Luciano Castán e Marlon; Machado (Robert, 37’/2ºT); Ian Luccas (Lucas Silva, intervalo), Mateus Vital (Japa, 17’/2ºT), Matheus Pereira e Wesley (Rafael Elias, 17’/2ºT); Bruno Rodrigues. Técnico: Paulo Autuori
Gols: Robert, 50’/2ºT
Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Daiane Muniz dos Santos (Fifa/SP)
Cartão Amarelo: Bruno Melo, Maguinho e Apodi (GOI); Matheus Pereira, Marlon e Anderson (no banco) (CRU)
Cartão Vermelho:

Últimas