Jogada 10 Casares diz que ‘São Paulo não será refém’ na novela Caio Paulista

Casares diz que ‘São Paulo não será refém’ na novela Caio Paulista

Presidente do Tricolor Paulista se manifesta sobre caso pela primeira vez, após o jogador estar encaminhado com o Palmeiras

Jogada 10
Foto: Rubens Chiri - SPFC

Foto: Rubens Chiri - SPFC

Jogada 10

O presidente do São Paulo, Júlio Casares, se manifestou pela primeira vez sobre a novela Caio Paulista. O lateral estava emprestado ao Tricolor Paulista, que tinha tudo certo para manter o jogador em 2024. Contudo, em uma reviravolta, o jogador encaminhou sua ida ao rival Palmeiras. Em entrevista ao portal do Léo Dias, o mandatário diz que o clube nunca pode ser refém de um atleta.

“A não aquisição do Caio é uma página virada. O São Paulo tem que trabalhar e cada profissional escolhe seu caminho. Ele escolheu um outro caminho e que tenha sorte na vida, mas jogar no São Paulo é para quem tem amor e quem prioriza o São Paulo. O clube nunca será refém de nenhuma situação”, disse Casares, antes de prosseguir:

“O clube tem que fazer como fez: renovou com o Lucas, reforçou o time com Luis Gustavo, Erick e Bobadilla… estamos trabalhando dentro do nosso limite de responsabilidade e da melhor forma ética possível”.

Casares não conseguiu manter Caio Paulista

Atacante de origem, Caio Paulista fez boa temporada em 2023 atuando na lateral esquerda. Aliás, o São Paulo tinha a intenção de seguir com o atleta para 2024. Mas não chegou a acordo com Fluminense e Eduardo Uram, seu empresário.

O Palmeiras vai pagar cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 18,6 milhões) ao Fluminense por Caio Paulista, que deve ser anunciado nos próximos dias. O técnico Abel Ferreira entende que o atleta pode atuar na lateral e no ataque e enxerga sua polivalência como algo positivo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas