Jogada 10 Benfica vence e assume, provisoriamente, a liderança do Português

Benfica vence e assume, provisoriamente, a liderança do Português

Triunfo por 3 a 0 teve gol do brasileiro Arthur Cabral. Mas Sporting joga neste sábado e pode reassumir a ponta

Jogada 10
Foto: Patricia de Melo Moreira/AFP via Getty Images)

Foto: Patricia de Melo Moreira/AFP via Getty Images)

Jogada 10

O Benfica assumiu, a liderança do Campeonato Português. Nesta sexta-feira (29/12), recebeu no Estádio da Luz, em Lisboa, o Famalicão, pela 15ª rodada do Português. O público, mesmo sob um frio de 6 graus, foi excepcional (58.725, a capacidade da Luz é de 65.000). Mas o Benfica não fez um grande jogo, mas foi o suficiente para vencer por 3 a 0, gols do brasileiro Arthur Cabral no primeiro tempo e de Rafa Silva e Musa na etapa final. O time lisboeta foi superior no primeiro tempo, mas levou muita pressão na etapa final, mesmo em casa. Assim, a vitória ficou em risco até os 35 da etapa final, quando os benfiquistas fizeram o segundo gol e mataram o jogo.

Assim, o Benfica vai aos 36 pontos, assumindo a liderança. Entretanto, o Sporting, que tem 34 pontos e somente joga neste sábado, em casa, contra o Portimonense, pode reassumir o primeiro lugar. O Famalicão, parado nos 18 pontos, está em sétimo lugar. Mas ainda pode perder duas posições ao fim da rodada.

Veja aqui a tabela de classificação do Português

Arthur Cabral marca e Benfica sai na frente

Embora não tenha feito um grande prineiro tempo, o Benfica foi superior ao Famalicão, como era esperado. Teve maior posse (55%) e 11 finalizações (quatro no alvo) contra três do rival, nenhuma no alvo. Assim, não foi supresa o time sair para o vestiário com a vantagem de 1 a 0. O gol saiu aos 31 minutos. Uma jogada espetacular de João Neves deu início ao lance. O apoiador lançou Rada Silva na ponta direita e este só tocou para Artur Cabral mandar para a rede.

Pressão do Famalicão na etapa final

No segundo tempo o Famalicão voltou mais ousado e passou a oferecer perigo. Aos 14, só não marcou com Chiquinho graças a uma grande defesa do goleiro Trubin, que espalmou chute quase à queima-roupa. Pouco depois, Arthur Cabral, na área, chutou em cima do goleiro Luiz Júnior. Porém, entre os 20 e 30 minutos, o Benfica foi irreconhecível. Errou passes, falhou na marcação e viu o Famalicão perder três gols com Theo Fonseca (Trubin salvou), Yousuf (passou raspando) e Gustavo Silva (na trave).

Musa faz a diferença

Só dava Famalicão. Porém, o treinador Roger Schmidt colocou Musa em campo. E ele foi fatal para o rival. Aos 34, o Benfica armou um contra-ataque que matou o jogo. Em passes rápidos, a bola chegou até Musa que rolou para Rafa Silva bater de fora da área. 2 a 0. O Famalicão baixou a guarda e levou mais um aos 42. Musa ganhou uma dividida, deu para Rafa Silva e recebeu na frente na esquerda, dentro da área. Bomba para o gol e 3 a 0. Mas este foi um placar enganoso, pois o goleiro Trubin foi o mlehor em campo, ao lado de rafa, autor de um gol e duas assistências.

Jogos da 15ª rodada do Português

Sábado (23/12)
Vizela 0 x 0 Moreirense
Vitória de Guimarães 1 x 0 Rio Ave
Quinta-feira (28/12)
Estrela Amadora 1×4 Arouca
Sexta-feira (29/12)
Benfica 3×0 Famalicão
Porto x Chaves – 17h45
Sábado (30/12)
Gil Vicente x Boavista – 12h30
Estoril x Farense – 12h30
Casa Pia x Braga – 15h

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas