Jogada 10 Barcelona acumula o maior déficit de transferências na última década

Barcelona acumula o maior déficit de transferências na última década

Estudo analisa compras e revendas de 2014 a 2023, descartando a saída de jogadores formados na base. Barça 'supera' concorrência

Jogada 10
 Foto: Jose Jordam/AFP via Getty Images

Foto: Jose Jordam/AFP via Getty Images

Jogada 10

Um levantamento realizado pelo Centro Internacional de Estudos de Esportes (CIES) colocou o Barcelona como o clube que acumulou mais prejuízo em transferências de jogadores na última década. O estudo, aliás, descarta as vendas de atletas formados pelas categorias de base e foca apenas nos atletas comprados e revendidos.

O Barça gastou cerca de 1,2 bilhão de euros (R$ 6,3 bilhões) em transferências de futebolistas entre 2014 e 2023. O clube teve um retorno de 613 milhões de euros (R$ 3,2 bilhões). O déficit ficou, então, em 631 milhões de euros (R$ 3,3 bilhões).

Fator Coutinho no Barcelona

Um dos “responsáveis” pela posição no ranking é o meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho. Ele chegou ao Barça, em 2018, por 160 milhões de euros (R$ 862 milhões) e saiu, em 2022, por 20 milhões de euros (R$ 160,5 milhões) para o Aston Villa, da Inglaterra.

No ranking das piores finanças, dois ingleses aparecem na sequência do Barcelona: o Chelsea perdeu 482 milhões de euros (R$ 2,5 bilhões). Já o Arsenal registrou prejuízo de 436 milhões de euros (R$ 2,3 bilhões).

Neymar ‘ajuda’ PSG a ficar no top-5

Com protagonismo no mercado nos últimos anos, o PSG é o quarto lugar, com 410 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões).

Jogador mais caro de todos os tempos, Neymar engordou as cifras dos franceses. Afinal, no ano passado, deixou o Paris Saint-Germain para reforçar o Al-Hilal (SAU) por menos da metade do valor investido, mesmo sendo a maior venda da história do clube gaulês. Em 2017, o PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão) pelo astro e o vendeu por 90 milhões (R$ 479 mi).

Por fim, o Manchester United, agora sob nova direção, fecha o top-5, com 328 milhões (R$ 1,7 bilhão) de perdas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas