Jogada 10 Após contatos, Grêmio avança para contratar meia Luan

Após contatos, Grêmio avança para contratar meia Luan

Sem entrar em campo desde novembro, o atleta aceita redução de salário para ir ao Tricolor gaúcho

Jogada 10

Resumindo a Notícia

  • Grêmio está mais perto de acertar o retorno do meia Luan.
  • Objetivo do jogador agora é tentar a liberação da diretoria do Timão.
  • Atleta aceita redução de salário para voltar a Porto Alegre.
  • Expectativa é que se assine um contrato nos próximos dias.
Luan tenta voltar ao Grêmio, após ser pouco aproveitado no Corinthians

Luan tenta voltar ao Grêmio, após ser pouco aproveitado no Corinthians

Jogada 10

O Grêmio está mais perto de acertar o retorno do meia Luan, do Corinthians e que teve o auge da sua carreira com atuação pelo Tricolor gaúcho. Apesar da vontade de ambas as partes em fazer negócio, o objetivo do jogador agora é tentar a liberação pela diretoria do Timão.

Sem entrar em campo de forma oficial desde novembro, o atleta aceita redução de salário para respirar novos ares e voltar a Porto Alegre.

Embora o departamento de futebol demonstrasse interesse de iniciar as conversas, o Conselho de Administração do Imortal não aprovava a vinda do meia, de 30 anos. Mas o cenário mudou após a classificação nas quartas de final da Copa do Brasil, e houve sinal verde de todos os lados para concretizar a proposta.

A expectativa, portanto, é que se assine um contrato nos próximos dias, a depender da evolução das tratativas.

O vínculo de Luan com o Corinthians vai até dezembro deste ano e existe a possibilidade de liberação imediata. Se o jogador ficar livre no mercado, os dirigentes gremistas tendem a firmar um contrato de menor duração, até mesmo com eventual cláusula de produtividade. Em caso de análise de desempenho positiva ao fim do acordo, haveria chance de renovação.

Renato pede ao Grêmio

O desejo do Grêmio de contar com o atleta vem da sua boa relação com o técnico Renato Gaúcho, que declarou ter conversas com o meia, agredido recentemente por torcedores do Corinthians em um motel de São Paulo. Portaluppi enalteceu o campeão da Libertadores de 2017 e Rei da América daquela edição, eleito pela Conmebol.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

"O jogador que fez o que fez aqui não desaprende a jogar. Por isso, digo que precisa dar carinho, ser pai, amigo, irmão, bom gestor, para você ter o jogador dentro de campo. Comigo, tudo que ele está fazendo em São Paulo fazia aqui também, é só você saber levar o jogador. Na hora de puxar a orelha, tem de puxar, na hora de dar carinho, tem de dar carinho. Mas, para isso, tem de ser um bom gestor", declarou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Confira imagens da suíte do motel em que Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores

Últimas