Jogada 10 Abel cobra Wtorre em coletiva: ‘Nós precisamos com urgência trocar o gramado’

Abel cobra Wtorre em coletiva: ‘Nós precisamos com urgência trocar o gramado’

Treinador aproveitou entrevista após o clássico contra o Santos, para criticar e cobrar a troca do gramado do Allianz Parque

Jogada 10
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Jogada 10

Palmeiras venceu o Santos por 2 a 1, neste domingo (28), no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Contudo, o assunto do clássico foi o gramado do estádio palestrino. O técnico Abel Ferreira aproveitou a coletiva para cobrar a WTorre, administradora da arena,  a troca imediata do gramado sintético, alvo de críticas do próprio comandante do Verdão, do técnico Fábio Carille e dos jogadores.

”Nós precisamos com urgência que troque o gramado sintético e troque por um outro do mesmo nível de quando eu cheguei aqui. Está faltando manutenção. O Palmeiras já tem muitos adversários, temos que resolver internamente e tem que ser o melhor para o Palmeiras. Se cada um colocar o ego de lado, vai conseguir. Agora é tirar tudo e instalar um novo”, disse Abel.

O clássico contra o Santos foi apenas o segundo no estádio em 2024. Contudo,  jogadores e a própria comissão técnica enxergam a necessidade urgente de mudança. Abel chegou a comparar o Allianz com o Maracanã e a Neo Química Arena.

“Não mudo uma vírgula do que disse há mais de um mês. Só tem uma opção: um sintético novo. Me disseram que leva 30 dias para a película entrar. Se tiver manutenção, vai ter que tirar tudo. Se tiver reunião, gostaria de participar para levar tudo o que meus jogadores têm a dizer”, disse o treinador, que seguiu.

“É horrível o gramado. O Maracanã é um dos melhores estádios, mas com grama horrível, porque se joga muito e é impossível se recuperar o gramado natural. O Corinthians não tem problema, porque joga sozinho e o gramado é top. Cheguei em 2020 e nunca reclamei do sintético, acho uma opção válida”.

Abel e outros cobram mudanças do gramado

Entretanto, não foi só Abel que cobrou mudanças no Allianz Parque. Após a partida, o técnico do Santos, Fábio Carille, criticou o gramado do estádio. O técnico, aliás, fez quatro mudanças no time titular, para preservar alguns jogadores. Após o embate, o meia Giuliano disse que ”jogar nessa grama não dá”.

O Palmeiras, por sua vez, emitiu uma nota oficial dizendo que não vai mais jogar no Allianz Parque, enquanto não houver a manutenção do gramado.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas