Esportes Japão não vai enviar delegação governamental aos Jogos de Inverno de Pequim

Japão não vai enviar delegação governamental aos Jogos de Inverno de Pequim

OLIMP-JAPAO-CHINA-SEMDELEGACAO:Japão não vai enviar delegação governamental aos Jogos de Inverno de Pequim

Reuters - Esportes

Por Daniel Leussink e Kantaro Komiya

TÓQUIO (Reuters) - O Japão não irá enviar uma delegação governamental aos Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim, em fevereiro, anunciou o governo japonês nesta sexta-feira, uma medida que deve aprofundar as tensões com a China. 

A decisão segue o boicote diplomático liderado pelos EUA aos jogos por conta de preocupações com os direitos humanos na China, embora o Japão tenha evitado classificar explicitamente sua medida como tal. 

O Japão, embora um parceiro dos Estados Unidos, também tem laços econômicos fortes com a China. 

Tóquio não irá enviar uma delegação governamental para os Jogos Olímpicos de 2022, mas em vez disso irá enviar algumas autoridades com ligações diretas às Olimpíadas, afirmou o secretário-chefe de Gabinete, Hirokazu Matsuno, em um pronunciamento à imprensa. 

Entre as autoridades estão Seiko Hashimoto, diretora do comitê organizador dos Jogos de Tóquio 2020, assim como diretores de comitês Olímpicos e Paralímpicos. 

"O Japão acredita que é importante para a China garantir liberdade, respeito por direitos humanos básicos e ao Estado de Direito, valores universais da comunidade internacional", afirmou Matsuno. 

Em Pequim, Zhao Lijian, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, disse em uma entrevista coletiva de rotina que a China saúda a vinda de representantes olímpicos e dos atletas do Japão. A China não enviou uma delegação governamental aos Jogos Olímpicos de Verão de Tóquio neste ano, mas somente uma delegação esportiva, comandada pelo chefe do burô esportivo do país.

(Reportagem de David Dolan e Daniel Leussink)

Últimas