Esportes Irmãos Meligeni perdem e Brasil sai zerado do qualifying do Aberto da Austrália

Irmãos Meligeni perdem e Brasil sai zerado do qualifying do Aberto da Austrália

A campanha dos brasileiros no qualifying para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne, se encerrou nesta terça-feira com as derrotas dos irmãos Meligeni logo na rodada de estreia. Os paulistas Felipe e Carolina perderam nas chabes masculina e feminina, respectivamente, e se juntaram a Thiago Wild e Laura Pigossi, que também não avançaram na última segunda.

Felipe Meligeni foi superado pelo argentino Juan Pablo Ficovich em sets diretos, caindo com um duplo 6/4 anotado em 1 hora e 24 minutos de partida. Mais cedo nesta terça-feira, Carolina Meligeni Alves perdeu para a húngara Dalma Galfi, cabeça de chave 12 do qualifying, também por 2 a 0 - com parciais de 6/2 e 7/5, após 1 hora e 27 minutos.

"Apesar da derrota, senti que foi um bom jogo. Consegui usar o nervosismo da estreia em um Grand Slam ao meu favor. Tenho que seguir evoluindo para ter mais oportunidades como essa, e estar em um nível mais alto para ser competitiva também nesses torneios maiores", contou Carol, número 250º do ranking da WTA.

Atual 126 do mundo, a húngara de 23 anos foi juvenil de destaque, chegando a liderar o ranking e a conquistar dois Grand Slam, levando o US Open em simples e Wimbledon nas duplas (ao lado da compatriota Fanny Stollar). Tudo isso em 2015.

Com as derrotas no qualifying, o Brasil será representado na chave principal de simples do Aberto da Austrália pelo cearense Thiago Monteiro e pela paulista Beatriz Haddad Maia.

ELIMINAÇÃO - De olho no Grand Slam e depois de ter vencido dois jogos no qualifying, Bia Haddad não conseguiu repetir o feito em sua estreia na chave principal do WTA 500 de Sydney, na Austrália, e foi derrotada logo na primeira rodada. A algoz foi a suíça Belinda Bencic, atual campeã olímpica, que derrotou a brasileira em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2, após 1 hora e 10 minutos de confronto.

Embora tenha colocado 73% dos primeiros serviços em quadra, Bia Haddad não teve grande desempenho com o saque, vencendo apenas 56% dos pontos disputados contra 78% de Bencic. Essa diferença foi crucial nos break-points, uma vez que a brasileira não teve um sequer durante toda a partida e a suíça conseguiu quatro, aproveitando três deles.

Na segunda rodada, Bencic enfrentará a vencedora do duelo entre a mexicana Guiliana Olmos e a francesa Oceane Dodin, ambas vindas do qualifying. Bia Haddad ainda segue na competição na chave de duplas junto com a casaque Anna Danilina. As duas enfrentarão na estreia a canadense Gabriela Dabrowski e Olmos, cabeças de chave número 3.

Últimas