Esportes Irmãos egípcios são banidos do tênis por causa de manipulação de resultados

Irmãos egípcios são banidos do tênis por causa de manipulação de resultados

Os irmãos egípcios Youssef, de 21 anos, e Karim Hossam, de 26, foram banidos do tênis após investigações encontrarem evidências de manipulação de resultados. Os dois não tiveram sucesso na carreira e ficaram apenas entre os 300 melhores no ranking mundial. A Unidade de Integridade de Tênis (TIU, sigla em inglês) anunciou a punição, nesta segunda-feira.

Youssef Hossam já havia sido suspenso provisoriamente há um ano e estava atualmente

classificado em 820ºlugar. Ele alcançou o seu melhor ranking em 2017, quando foi o número 291. "Ele conspirou com outras partes para realizar uma extensa campanha de corrupção relacionada às apostas nos níveis mais baixos do tênis profissional", informou a TIU, que revelou 21 instâncias de quebra de regras.

A TIU analisou os casos da seguinte maneira: oito envolvendo manipulação de resultados, seis casos de facilitar o jogo, dois de solicitar a outros jogadores para não tentar jogar da melhor forma, três falhas em relatar abordagens de outras pessoas para se envolver em corrupção e dois exemplos de falha em cooperar com uma investigação.

O irmão mais velho de Youssef, Karim, foi banido por toda a vida também e multado em US$ 15 mil (cerca de R$ 83 mil) pela TIU, depois de ser considerado culpado de 16 acusações de corrupção. Em 2013, seu melhor ranking foi o 337.º.

Últimas