Esportes Inter lamenta após ceder empate pela 3º vez no fim no Brasileirão

Inter lamenta após ceder empate pela 3º vez no fim no Brasileirão

Sofrer um gol nos acréscimos evitou o Internacional de se isolar na liderança do Campeonato Brasileiro ao provocar o empate por 2 a 2 com o Flamengo, domingo, no Beira-Rio. Um cenário lamentado pelo técnico Eduardo Coudet. Ele exaltou a atuação da equipe, mas destacou a necessidade de a equipe "matar" os jogos para evitar novos tropeços.

"Foi um grande jogo. Fizemos um grande primeiro tempo, eles tiveram mais a bola no segundo. Muitas situações dos dois lados. Contra um rival dessa qualidade, temos que concretizar. É um rival com muito talento", afirmou o treinador argentino.

Foi a terceira vez que o Inter deixou de ganhar um jogo neste Brasileirão por ter sofrido um gol no fim - as anteriores foram nos empates contra Palmeiras e Bahia. Além disso, na quinta-feira, levou a virada da Universidad Católica, no último compromisso do time na fase de grupos da Copa Libertadores.

O treinador do Inter, porém, preferiu exaltar o nível elevado do duelo, significando uma demonstração de força da equipe. "Foi um jogaço. Lamentavelmente, nos escapou no final. O Flamengo empatou nos acréscimos, e saiu comemorando. Nosso time ganhou respeito", disse Coudet.

O Inter soma 35 pontos e lidera o Brasileirão por estar em vantagem na comparação ao Flamengo pelos critérios de desempate. O time voltará a jogar na quarta-feira, às 19 horas, quando visitará o Atlético Goianiense para o duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Já no sábado, visitará o Corinthians, pela última rodada do primeiro turno do Nacional.

Últimas