Inter desperdiça pênalti e perde de virada para o Bologna no Italiano

Time é derrotado por 2 a 1 no Estádio Giuseppe Meazza e perde a invencibilidade de quatro jogos que detinha desde o reinício do campeonato

Jogadores do Bologna comemoram triunfo de virada contra a Inter, em Milão

Jogadores do Bologna comemoram triunfo de virada contra a Inter, em Milão

REUTERS/Alessandro Garofalo

A Inter de Milão teve um dia para ser esquecido. Neste domingo, o time do técnico Antonio Conte foi derrotado pelo Bologna de virada, por 2 a 1, no Estádio Giuseppe Meazza, e perdeu a invencibilidade de quatro jogos que detinha desde que o Campeonato Italiano havia sido reiniciado em junho.

Com o resultado, a Inter desperdiçou a oportunidade de encostar na vice-líder Lazio, que foi derrotada no sábado pelo Milan. A equipe de Milão é a terceira colocada, com 64 pontos, quatro a menos que o segundo, e a 11 da líder Juventus, que se aproxima de mais uma conquista nacional. Já o Bologna subiu para o nono posto, com 41 pontos.

A Inter de Milão largou na frente com um gol do belga Romelu Lukaku, anotado aos 22 minutos, aproveitando rebote do cabeceio de Lautaro Martínez. O centroavante chegou à marca de 20 gols em 30 jogos na competição e só está atrás na lista de artilheiros que o Cristiano Ronaldo e Ciro Immobile, o maior goleador.

Melhor na partida, a equipe anfitriã deu indícios de que não teria problema para assegurar o triunfo, especialmente depois que Soriano foi expulso no início do segundo tempo após insultar o árbitro e Candreva sofreu pênalti pouco tempo depois.

O argentino Lautaro Martínez, porém, desperdiçou a cobrança, e o cenário mudou favoravelmente aos visitantes, que empataram a partida aos 29 minutos, com o atacante gambiano Juwara. Os times voltaram a ficar em igualdade numérica depois que o lateral-esquerdo Bastoni levou o segundo cartão amarelo por falta dura e foi expulso.

Como se não bastasse, A Inter, apesar de criar mais, não mostrou eficiência e, para piorar, o rival aproveitou contra-ataque aos 35 minutos e definiu a virada. O gol foi anotado pelo atacante Barrow, também gambiano.