Esportes Inter de Limeira bate Ferroviária nos pênaltis e avança no Troféu do Interior

Inter de Limeira bate Ferroviária nos pênaltis e avança no Troféu do Interior

A Inter de Limeira está classificada e continua viva na luta pelo título do Troféu do Interior. Nesta sexta-feira à noite, o time de Limeira buscou o empate com a Ferroviária, por 1 a 1, em Araraquara, com gol de empate marcado aos 44 minutos do segundo tempo por Diego Tavares. Depois, venceu a disputa dos pênaltis por 5 a 3. A partida válida pelas quartas de final foi disputada na Arena Fonte Luminosa.

Com a vaga garantida, a Inter de Limeira encara o Botafogo, em Ribeirão Preto, na semifinal. A disputa será em partida única e em caso de empate, a vaga para a final será definida nos pênaltis. Na outra semifinal, Água Santa, que eliminou o Mirassol nesta sexta à noite também, encara o Ituano, em Itu.

Nos pênaltis, Bruno Mezenga, Vidal e Netto fizeram para a Ferroviária, enquanto Didi chutou no travessão. Celsinho, Léo Duarte, Diego Tavares, Caxito e Lima fizeram para a Inter de Limeira. A partida marcou a despedida do técnico Elano Blumer da Ferroviária. Ele anunciou antes da partida que não continuaria na equipe após o torneio, alegando problemas pessoais.

A Ferroviária esteve melhor no início e pressionou a Inter de Limeira. A primeira boa chance aconteceu aos 12 minutos, quando Didi, após escanteio cabeceou e acertou a trave de Lucas Grigeri. No rebote, a arbitragem assinalou impedimento.

Melhor em campo, o time de Araraquara não demorou a abrir o marcador. Aos 19 minutos, Gegê passou por Osman pela esquerda e cruzou na medida para Hygor entrar na pequena área e tocar para o gol. Após checagem no VAR devido a um possível impedimento de Hygor, o gol foi confirmado.

A Inter de Limeira teve a chance de empate aos 34 minutos. Após cruzamento de Tito, a bola sobrou para Thiago Alagoano, que desequilibrado, mandou para fora.

Apesar de apresentar menos intensidade, a Ferroviária esteve melhor do que a Inter no início do segundo tempo e criou chances para ampliar. Aos 9 minutos, Gegê bateu rente a trave de Lucas Frigeri. Vidal, aos 22, em chute fora da área exigiu grande defesa do goleiro da Inter.

A visitante pressionou e quase empatou aos 25 minutos com Matheus Mancini, mas Saulo salvou a Ferroviária defendendo chute à queima-roupa do zagueiro. Mas aos 44 minutos não teve jeito e a Inter empatou, com Diego Tavares, que passou pela marcação e bateu forte no canto do goleiro para empatar. Nos pênaltis, Didi desperdiçou para a Ferroviária e colocou fim no sonho do time da casa de avançar.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1 (3) X (5) 1 INTER DE LIMEIRA

FERROVIÁRIA Saulo; Vidal; Bruno Leonardo, Didi e Breno Lopes; Vitinho, Thomaz (Rafael Luiz), Guilherme Nunes (Willian Corrêa) e Gegê (Netto); Hygor (Júlio Vitor) e Bruno Mezenga. Técnico: Elano Blumer.

INTER DE LIMEIRA Lucas Frigeri; Celsinho, Renan Fonseca, Matheus Mancini e Tito; Léo Duarte, Lima, Renato Cajá (Diego Tavares) e Júlio Rusch (Léo Silva); Thiago Alagoano (Caxito) e Osman (Fernandes). Técnico: Vinícius Bergantin.

GOLS - Hygor, aos 19 minutos do primeiro tempo; Diego Tavares, aos 44 do segundo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan.

CARTÕES AMARELOS - Uillian Corrêa, Gegê e Guilherme Nunes(FERROVIÁRIA) e Diego Tavares e Renan Fonseca (INTER DE LIMEIRA).

RENDA - R$ 9.835,00.

PÚBLICO - 983 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

Últimas