Esportes Inter busca reação no penúltimo teste do Athletico antes da final sul-americana

Inter busca reação no penúltimo teste do Athletico antes da final sul-americana

Com desempenhos diferentes nas últimas rodadas, mas objetivos parecidos, Internacional e Athletico Paranaense se encontram pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro neste sábado. Os dois times lutam por uma vaga na próxima Copa Libertadores e estão separados por apenas três pontos na classificação. O jogo acontece em Porto Alegre, no estádio do Beira-Rio, com início às 19h.

O Internacional tenta se recuperar da derrota para o Juventude, que está na zona de rebaixamento. A vitória no clássico contra o Grêmio foi o único triunfo do Inter nas últimas seis partidas do Brasileirão. O Athletico Paranaense, por sua vez, vem de duas vitórias seguidas, contra Red Bull Bragantino e Ceará.

Finalista da Copa do Brasil e da Sul-Americana, o time comandado por Alberto Valentim pode garantir a vaga na próxima Libertadores caso vença alguma das finais, mas no momento foca no Brasileirão, no qual é o nono colocado, com 41 pontos. Já o Internacional ocupa a sétima posição, com 44 pontos ganhos. O jogo contra o Inter será o penúltimo teste para o Athletico-PR antes da decisão da Copa Sul-Americana, contra o Red Bull Bragantino.

O técnico Diego Aguirre comentou a briga pelas vagas para a Libertadores e tranquilizou o desempenho do Internacional nas últimas cinco partidas. O treinador também não estabeleceu uma estimativa de pontos para cumprir o objetivo.

"Estamos sofrendo e lutando a cada jogo. Não é uma situação confortável. Estamos brigando por uma vaga, mas é difícil para todos. Nossos concorrentes também perderam pontos. Temos que tentar ganhar em casa no próximo jogo e aprender com essa derrota. Não entendo que estejamos tão mal, depende da leitura. Podemos falar dos últimos cinco jogos, dos últimos 10 ou dos últimos 20. A realidade é que o Inter está na posição que merece", disse o treinador do Internacional.

"No dia 9 de dezembro, vamos ter as pontuações finais e poderemos ter uma análise mais completa. Com certeza, temos que melhorar, mas temos dificuldades com jogadores machucados e suspensos. Estamos tentando dar o melhor de nós para tratarmos de chegar onde queremos", completou Aguirre.

Sobre os desfalques citados, o treinador não poderá contar com o atacante Yuri Alberto, suspenso. Matheus Cadorini, da base, deverá iniciar a partida. Liberado pelo departamento médico, Moisés será titular. Patrick e Saravia cumpriram suspensão e também voltam. Já Boschilia é desfalque de última hora, pois fará trabalho de reequilíbrio muscular. O volante Edenilson foi convocado por Tite, mas jogará normalmente neste sábado e se apresenta à seleção no domingo.

FORÇA MÁXIMA - O Athletico-PR vai até Porto Alegre para confirmar o bom momento às vésperas da final da Copa Sul-Americana. E deve ter força máxima para este duelo.

Sem perder há três jogos e vindo de duas vitórias seguidas, o Athletico-PR está em nono lugar e, com 41 pontos, praticamente se livrou do risco de rebaixamento. O objetivo é afastar de vez essa possibilidade para focar na final da Copa sul-americana.

Antes do jogo contra o Red Bull Bragantino, dia 20, em Montevidéu, no Uruguai, o Athletico recebe o líder Atlético-MG, na próxima terça-feira. Tudo indica que o técnico Alberto Valentim poupe os titulares.

Neste sábado, porém, o treinador deve mandar a campo o que tem de melhor à disposição. O meia Cittadini entra no lugar de Erick após cumprir suspensão automática, enquanto o lateral-esquerdo Abner recebeu o terceiro amarelo na vitória sobre o Ceará, por 2 a 1, e será substituído por Pedrinho.

Outra baixa, além de Abner, é o meia Fernando Canesin, que foi substituído contra o Ceará após sofrer uma pancada. O zagueiro Nicolás Hernández era dúvida pelo mesmo motivo, mas foi relacionado e vai para o jogo.

Últimas