Esportes Incentivo de Biles ajuda Carey a conquistar ouro olímpico no solo

Incentivo de Biles ajuda Carey a conquistar ouro olímpico no solo

OLIMP-2020-GINASTICA-CAREY:Incentivo de Biles ajuda Carey a conquistar ouro olímpico no solo

Reuters - Esportes

Por Elaine Lies e Chang-Ran Kim

TÓQUIO (Reuters) - Vinte e quatro horas depois de Jade Carey ficar em último lugar na final do salto na Olimpíada de Tóquio, a ginasta norte-americana conquistou o ouro nos exercícios de solo com o apoio da torcedora-chefe Simone Biles.

A ausência inesperada de Biles da final desta competição abriu caminho para a consagração de uma nova campeã em Tóquio, e graças ao discurso motivacional da medalhista de ouro dos Jogos de 2016, Carey alcançou o topo do pódio e garantiu a permanência do prêmio principal nas mãos das norte-americanas.

"Simone, especialmente, estava me ajudando a superar (o salto) e seguir em frente", disse Carey aos repórteres depois de derrotar a italiana Vanessa Ferrari com a nota de 14,366.

"Ela disse 'sabe, aconteceu, e você não pode fazer nada sobre isso', e depois 'vamos sair e arrasar no solo'. Então foi isso que eu fiz."

A ausência de Biles nas quatro primeiras finais individuais --geral, salto, barras assimétricas e solo-- em Tóquio domina os Jogos desde que ela chocou o mundo ao desistir abruptamente da competição por equipes após seu primeiro salto.

A atleta de 24 anos, de quem se esperava uma melhora na marca de quatro ouros e um bronze que conquistou na Rio 2016, tomou a decisão para proteger sua saúde mental, mas voltará na terça-feira para competir na trave.

Mas Biles tem sido uma presença notável nas arquibancadas do Centro de Ginástica Ariake quando suas compatriotas se apresentam.

Últimas