Esportes Ídolo, Roy Keane critica grupo do Manchester United e prevê demissão de Solskjaer

Ídolo, Roy Keane critica grupo do Manchester United e prevê demissão de Solskjaer

A derrota do Manchester United diante do Arsenal, no último final de semana, em casa, pelo Campeonato Inglês, tem gerado muitos burburinhos e críticas na imprensa da Inglaterra. Quem colocou a boca no trombone foi Roy Keane, ex-jogador irlandês, que fez história pela equipe nos anos 90 e 2000.

Atualmente, Keane é comentarista da TV inglesa Sky Sports e fez uma avaliação nada animadora da equipe de Manchester, criticou os jogadores e disse que, se o cenário for mantido, o técnico norueguês Ole Gunnar Solskjaer pode acabar demitido.

"Algumas vezes você diz que não há razão para pânico. Mas os resultados e os desempenhos sugerem que você deveria entrar em pânico. Ele (Solskjaer) diz que há bons rapazes e que querem vencer, mas eu julgo os jogadores pelas suas ações. Este time reage por algumas semanas e depois se deixa levar. Solskjaer perderá seu emprego trabalhando com esses jogadores. Isso é o que irá acontecer", avaliou o ídolo do Manchester United.

Keane continuou com suas críticas e disse ver falta de vontade nos atletas da equipe. "Nós estamos quase vendo esta temporada como tudo ou nada para Solskjaer, mas neste momento não está parecendo bom para ele. Eu coço a minha cabeça para jogadores que não têm entusiasmo por uma partida de futebol", afirmou.

Com sete rodadas disputadas no Campeonato Inglês, o Manchester United ocupa o 15.º lugar com sete pontos, nove a menos que o líder Liverpool e apenas quatro a mais que o West Bromwich, primeiro time da zona de rebaixamento.

Por outro lado, na Liga dos Campeões o cenário é oposto. Em dois jogos, duas vitórias sobre os favoritos do Grupo H: Paris Saint-Germain, na França, e RB Leipzig. O próximo compromisso da equipe de Solskjaer é contra o Istanbul Basaksehir, nesta quarta-feira, na Turquia.

Últimas