Esportes Hugo Calderano sobe para 3º do mundo e se torna o maior mesa-tenista das Américas

Hugo Calderano sobe para 3º do mundo e se torna o maior mesa-tenista das Américas

O mesa-tenista Hugo Calderano alcançou o posto de maior jogador de tênis de mesa das Américas de todos os tempos. No ranking mundial divulgado neste domingo, o brasileiro apareceu na terceira posição, com 4.913 pontos, o suficiente para ultrapassar a marca do norte-americano Sol Schiff , reconhecido pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) como o quarto melhor do mundo em 1938.

Calderano já havia igualado a mesma 4ª posição de Schiff em 2020. Mas, por conta dos bons resultados recentes e da regularidade apresentada na última temporada, o brasileiro ultrapassou o mesa-tenista dos Estados Unidos no começo deste ano e se tornou o primeiro atleta do continente a ser considerado o terceiro melhor do mundo.

A temporada de 2021 foi a melhor de Calderano na carreira. Em dezembro, ele ficou em terceiro lugar na no WTT Cup Finals, uma das principais competições da modalidade, que reúne os 16 melhores mesa-tenistas do mundo. Na Olimpíada de Tóquio, o brasileiro conseguiu seu melhor resultado em uma edição dos Jogos ao alcançar às oitavas de final. E no Mundial, em novembro, Calderano fez história ao chegar às quartas, algo que nenhum brasileiro havia conseguido até então.

Com a melhor pontuação de um atleta de tênis de mesa na história do continente, Calderano está atrás somente dos chineses Ma Long, bicampeão olímpico, e Faz Zhendong, campeão mundial e líder do ranking com 8.598 pontos.

BRASILEIROS - A nova atualização do ranking mundial fez Bruna Takahashi subir sete posições na lista. Agora, a mesa-tenista ocupa a 32ª colocação, a melhor de uma brasileira na história.

Além de Bruna e Hugo, o Brasil mantém mais quatro atletas do País no Top 100 dos melhores mesa-tenistas do mundo. Gustavo Tsuboi ocupa a 41º posição; Vitor Ishiy está em 53º; Eric Jouti subiu para 83º e Thiago Monteiro completa a lista de brasileiros na posição 92. Nas duplas mistas, Bruna Takahashi e Vitor Ishiy permanecem no Top 20, ocupando a 18ª posição.

Últimas