Esportes Hugo Calderano retorna ao Rio para realizar recuperação no CT do Time Brasil

Hugo Calderano retorna ao Rio para realizar recuperação no CT do Time Brasil

O brasileiro Hugo Calderano, número 7 do ranking do mundial de tênis de mesa, desembarca nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro. A viagem não fazia parte do planejamento, mas foi decidida por sua equipe técnica após a constatação de uma pequena lesão no ombro do atleta. Na semana passada, ele sentiu dores no local e realizou exames que indicaram a necessidade de suspender as atividades na mesa por 10 dias.

Diante da mudança na programação, a equipe técnica optou pela ida de Hugo Calderano para o Brasil, onde seguirá o tratamento indicado e manterá a preparação física no CT do Time Brasil. O mesa-tenista aproveitará a presença no Rio de Janeiro para se vacinar contra a covid-19, seguindo a recente inclusão de atletas e demais credenciados para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 no Plano Nacional de Imunização (PNI).

Por causa da pandemia do novo coronavírus, Hugo Calderano não vinha ao Brasil há cerca de um ano e meio, permanecendo na Europa inclusive nas férias. Após este breve período, ele retornará a Ochsenhausen, na Alemanha, onde se juntará aos seus companheiros de seleção brasileira para dar prosseguimento à preparação olímpica.

A seleção brasileira iniciou a sua preparação em Ochsenhausen no último dia 7, com o primeiro ciclo terminando nesta quinta-feira. O segundo ciclo começa no próximo dia 24 e se estende até 4 de junho, com o retorno de Vitor Ishiy, que está participando nesta semana dos jogos decisivos da Pro B, a divisão de acesso à elite do tênis de mesa da França.

Já o terceiro ciclo, entre os dias 7 e 18 de junho, deverá ter o retorno de Hugo Calderano e as presenças de Gustavo Tsuboi, Eric Jouti e do técnico Francisco Arado, o Paco. O quarto ciclo, ainda em Ochsenhausen, será realizado entre 24 de junho e 9 de julho. A equipe segue no dia 12 para Hamamatsu, no Japão, onde fará a aclimatação e a reta final de preparação para os Jogos de Tóquio-2020.

Últimas