Esportes Hamilton sofre nova punição em São Paulo e largará em último no sprint race

Hamilton sofre nova punição em São Paulo e largará em último no sprint race

Lewis Hamilton não deverá guardar boas lembranças do GP de São Paulo de Fórmula 1 deste ano. O piloto britânico sofreu sua segunda punição do fim de semana neste sábado e terá que largar da última posição no sprint race, o novo formato do treino classificatório, que definirá a partir das 16h30 o grid de largada para a corrida, no domingo, no Autódromo de Interlagos.

O piloto da Mercedes foi punido por conta de uma irregularidade na asa traseira do seu carro. Delegado-técnico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jo Bauer detectou uma mudança no componente quando o DRS (sistema de asa móvel, que aumenta a velocidade do carro e facilita as ultrapassagens) estava ativado no treino que estabeleceu o grid para o sprint race.

"A posição dos elementos ajustáveis da asa traseira superior foi checada no carro #44 para notar se estava de acordo com o Artigo 3.6.3 das Regras Técnicas da Fórmula 1 2021. As exigências para a distância mínima (entre as partes da asa) foram atingidas, mas as exigências para o máximo de 85 mm (de intervalo), quando o sistema de asa móvel é utilizado e foi testado de acordo com o TD/011-19, não foi atingido. Estou enviando a questão aos comissários para avaliação", explicou Bauer.

O resultado da investigação, contudo, foi quase uma "novela". A apuração começou no fim da tarde de sexta e se estendeu até o início da tarde deste sábado, envolvendo ainda Max Verstappen. A princípio, o veredicto seria anunciado pela manhã, após ouvir ambos os pilotos e demais representantes das equipes Mercedes e da Red Bull. Porém, a discussão se estendeu. O holandês também foi investigado porque tocou no carro do rival ao fim do treino de sexta, algo proibido pelo regulamento. Acabou sendo multado em 50 mil euros, cerca de R$ 310 mil. Hamilton sofreu sanção mais dura.

Os comissários avaliaram o caso e confirmaram que o inglês foi beneficiado pela alteração na asa. O piloto da Mercedes havia surpreendido durante o treino por exibir grande performance, acima até dos carros da Red Bull, considerados os favoritos neste fim de semana por contar com motor que apresenta maior eficiência na altitude de quase 800 metros de São Paulo.

Com a sanção, Hamilton vai trocar o primeiro pelo último lugar no grid do sprint race, minicorrida marcada para às 16h30 deste sábado. Verstappen, líder do campeonato, vai herdar a pole position. O sprint race, além de definir o grid, concede três pontos no campeonato ao vencedor. Assim, o piloto da Red Bull terá a chance de aumentar ainda mais a vantagem de 19 pontos no Mundial de Pilotos.

No começo da sexta-feira, Hamilton já havia sofrido punição por trocar um dos componentes do seu motor. Perderá cinco posições no grid do domingo. Com as duas penalizações acumuladas, o inglês terá que mostrar grande poder de superação na corrida para se manter firme na briga pelo título da temporada.

Últimas