Esportes Hamilton lamenta estratégia adotada e diz que Verstappen correu 'em outro nível'

Hamilton lamenta estratégia adotada e diz que Verstappen correu 'em outro nível'

Lewis Hamilton terminou o GP da Holanda, disputado neste domingo, insatisfeito com a estratégia adotada pela Mercedes, que não foi o suficiente para tirar o primeiro lugar de Max Verstappen. Apesar disso, o britânico considerou justo terminar a corrida em segundo lugar, pois, em sua avaliação, a atuação do rival holandês no circuito de Zandvoort foi de "outro nível".

A Mercedes apostou em mandar Hamilton pela primeira vez aos boxes na volta 20, antes dos adversários na briga pelas primeiras posições. Naquele momento, ele trocou pneus macios por compostos médios. Verstappen parou na volta seguinte e retornou em segundo lugar, na frente de Hamilton, mas atrás de Valtteri Bottas, a quem conseguiu ultrapassar momentos depois.

Após para a segunda troca, o britânico voltou para a pista em meio ao tráfego e viu Verstappen parar duas voltas depois, disparando na liderança na sequência. "Eu definitivamente acho que não foi nossa melhor estratégia, mas foi muito difícil. No final do dia eles foram, simplesmente, muito rápidos", lamentou o heptacampeão da Fórmula 1.

Apesar de colocar parte da culpa da derrota na falha de organização da própria equipe, Hamilton exaltou a corrida feita pelo adversário. Nos minutos finais, o piloto da Mercedes superou as adversidades e conseguiu se aproximar do holandês, mas não foi o suficiente para alcançá-lo.

"Paramos muito cedo e eu saí no meio do tráfego, não sei como eles não viram isso. Eu estava totalmente esgotado, sem gerenciamento de pneus e tentando me manter o mais perto possível, mas ele estava em outro nível", comentou Hamilton. "É o que é, e nós trabalhamos nisso. Parabéns ao Max. Eles fizeram um upgrade na última corrida e, uau, eles são rápidos!"

Com a vitória deste domingo, Verstappen atingiu os 124,5 pontos na classificação geral, três a mais que Hamilton, que tem 121,5. O britânico tentará tirar a diferença na próxima etapa da Fórmula 1, marcada para o próximo domingo, em Monza, na Itália.

Últimas