Governo de SC adia prazo para resposta sobre retomada do Campeonato Catarinense

Há uma semana, o governo de Santa Catarina anunciou que recebeu a solicitação da Federação Catarinense de Futebol (FCF) para retomar o Estadual no dia 16 de maio e prometeu uma resposta a esse questionamento para os próximos dias. Sem qualquer definição até o momento, o secretário da saúde do Estado, Helton Zeferino, afirmou que a posição deverá ser dada apenas na próxima semana.

"O pleito da Federação Catarinense de Futebol ainda está em análise. Não finalizamos essa análise. Acreditamos que na próxima semana a posição do governo em relação ao Campeonato Catarinense de futebol será emitido", disse o secretário em entrevista coletiva, em Florianópolis, para falar sobre a situação do surto do novo coronavírus no Estado.

A data trabalhada pela FCF para o retorno da competição é 16 de maio, sem mudança na fórmula de disputa. O Campeonato Catarinense foi paralisado após as partidas da nona e última rodada da fase de classificação em 15 de março. Avaí, Brusque, Figueirense, Marcílio Dias, Criciúma, Juventus, Joinville e Chapecoense se garantiram nas quartas de final, enquanto que Concórdia e Tubarão vão lutar, em jogos de ida e volta, contra o rebaixamento.

Os clubes estão de férias até o final deste mês. O presidente Rubens Angelotti, da FCF, prometeu fazer testes para detectar se as pessoas estão infectadas com a covid-19 e também limitar o número de pessoas por jogo.

Outro problema a ser resolvido antes da bola voltar a rolar será em relação ao tempo de contrato dos jogadores. Muitos clubes fizeram compromissos até o final deste mês, quando o Estadual seria encerrado.