Esportes Governadora de Tóquio diz que Olimpíada tem um "grande problema" após comentários machistas de Mori

Governadora de Tóquio diz que Olimpíada tem um "grande problema" após comentários machistas de Mori

OLIMP-GOVERNADORA-TOQUIO-MORI:Governadora de Tóquio diz que Olimpíada tem um "grande problema" após comentários machistas de Mori

Reuters - Esportes

Por Sakura Murakami e Elaine Lies

TÓQUIO (Reuters) - Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm um "grande problema", depois de o chefe do comitê organizador local ter feito um comentário machista, afirmou a governadora de Tóquio nesta sexta-feira, enviando uma mensagem clara de que a crescente controvérsia pode manchar o evento.

Yoshiro Mori, 83, motivou uma onda de reações nas redes sociais, em casa e no exterior, ao dizer nesta semana que mulheres falam demais, durante uma reunião do Comitê Olímpico Japonês (COJ). Ele posteriormente retirou seus comentários e pediu desculpas, mas se recusou a renunciar.

O incidente é mais uma nuvem sombria pairando sobre os Jogos, adiados por um ano por causa da pandemia de coronavírus, apenas alguns meses antes da cerimônia de abertura.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) afirmou na quinta-feira que o pedido de desculpas de Mori resolveu o assunto, mas as críticas ao ex-primeiro-ministro octagenário apenas cresceram na sexta-feira.

"A missão da metrópole e do comitê organizador é preparar Jogos que sejam seguros, e estamos enfrentando um grande problema", afirmou a governadora de Tóquio, Yuriko Koike.

A raiva causada pelos comentários de Mori deve alienar ainda mais o público japonês, desconfiado das tentativas do governo de realizar os Jogos durante a pandemia. Quase 80% do público se opõe à realização dos Jogos em julho, segundo a mais recente pesquisa.

(Reportagem de Chang-Ran Kim, Chris Gallagher, Jack Tarrant, Ju-min Park, e Rikako Murayama)

Últimas