Gilmar Dal Pozzo, do Náutico, é o primeiro técnico a cair na Série B

Foram necessárias apenas duas rodadas para a primeira queda de treinador no Campeonato Brasileiro da Série B. Gilmar Dal Pozzo não resistiu ao empate sem gols nos Aflitos com o Operário-PR e foi demitido pela diretoria do Náutico.

O treinador já vinha tendo seu trabalho criticado pela torcida alvirrubra desde a eliminação na semifinal do Campeonato Pernambucano, para o rival Santa Cruz, nos pênaltis.

A queda no Estadual fez Gilmar Dal Pozzo começar a Série B pressionado. A derrota em Florianópolis para o Avaí, por 3 a 1, na estreia, aumentou a pressão. E a gota d'água foi o empate sem gols com o Operário, no Recife, nesta terça-feira.

A segunda passagem do treinador pelo Náutico - a primeira foi entre 2015 e 2016 - começou no ano passado, quando conquistou o título da Série C do Brasileiro. Foram 36 vitórias, 20 empates e 14 derrotas.

Agora, a diretoria trabalha em busca de alguém para o cargo. Nomes como Marquinhos Santos e Elano Blumer vinham sendo ventilados nos últimos dias.

O Náutico volta a campo no sábado, contra o CRB, às 19 horas, nos Aflitos, pela terceira rodada da Série B do Brasileiro.