Futebol VAR confirma pênalti para Grêmio e gera expulsão de goleiro na Liberta

VAR confirma pênalti para Grêmio e gera expulsão de goleiro na Liberta

O árbitro chileno Roberto Tobar assinalou pênalti do goleiro da equipe argentina sobre atacante Alisson. Após consulta ao VAR, Luchetti foi expulso

VAR confirma pênalti para Grêmio na Libertadores

Goleiro é expulso pelo VAR

Goleiro é expulso pelo VAR

Diego Vara/Reuters - 2.10.2018

O VAR (Árbitro Assistente de Vídeo, na sigla em inglês) foi decisivo no primeiro tempo da partida entre Grêmio e Atlético Tucumán, nesta terça-feira (2), em Porto Alegre, pelas quartas de final da Copa Libertadores. O recurso foi utilizado pela arbitragem depois da marcação de um pênalti para a equipe brasileira, que vencia por 1 a 0 — gol de Luan.

Confira o minuto a minuto de Grêmio x Atlético Tucumán no R7 Esportes

Aos 37 minutos do primeiro tempo, o goleiro argentino Luchetti derrubou o atacante Alisson na área. O árbitro chileno Roberto Tobar assinalou o pênalti. Depois de tomada a decisão, Tobar avaliou as imagens do lance e expulsou o goleiro do Tucumán.

O técnico da equipe argentina, Ricardo Zielinski, colocou em campo o goleiro reserva Alejandro Sánchez no lugar do meia Barbona, mas o meia Cícero cobrou e ampliou a vantagem gremista para 2 a 0.

Vantagem gremista no duelo de ida

Na primeira partida entre as equipes, o Grêmio venceu o Tucumán por 2 a 0, na Argentina, resultado que dava larga vantagem para os brasileiros na luta pela vaga na semifinal do torneio continental.

Após erros na 27ª rodada, CBF rebaixa três árbitros do Brasileirão: