Futebol Torcedor do Boca ironiza prisão por gesto racista após ser liberado

Torcedor do Boca ironiza prisão por gesto racista após ser liberado

Leonardo Ponzo, flagrado imitando um macaco para a torcida corinthiana, apareceu em um story provocativo no Instagram logo depois que foi solto após pagamento da fiança

  • Futebol | Do R7

Torcedor do Boca ironiza prisão por gesto racista

Torcedor do Boca ironiza prisão por gesto racista

Reprodução/Instagram

Leonardo Ponzo, torcedor do Boca Jrs flagrado imitando um macaco em provocação à torcida do Corinthians na partida da última terça-feira (27), pela Libertadores, ironizou sua prisão pelo ato racista logo após ser solto depois de pagar fiança. 

Ponzo, ao lado de outro torcedor do time argentino, aparece em um story do Instagram sorrindo e com a frase "Nada aconteceu por aqui". Se não bastasse a ironia, a postagem do torcedor ainda tem um emoji de macaco. 

Quem fez a postagem não foi Leonardo Ponzo, mas sim outro torcedor do Boca Jrs, que, após a repercussão da publicação, fechou suas redes sociais. 

Gesto racista na Neo Química

Leonardo Ponzo, torcedor do Boca Juniors, foi detido no intervalo da partida contra o Corinthians, nesta terça-feira (26), pela terceira rodada do grupo E da Copa Libertadores, na Neo Química Arena.

Um grupo de policiais militares foi até o setor de visitantes da arena, em Itaquera, logo após o apito final do primeiro tempo e retirou o "hincha" argentino, levando-o até o gramado, atrás das placas de publicidade, e conduzindo o torcedor xeneize por todo o setor norte do estádio.

O torcedor do Boca fez imitações de macaco em direção aos corintianos, que o denunciaram aos policiais. Também foi levantado pela reportagem que os corintianos afirmam possuir vídeos do adepto xeneize fazendo os sinais racistas.

Um pequenino entre gigantes: conheça a trajetória do Villarreal

Últimas