Futebol Técnico da Inglaterra revive trauma dos pênaltis na Euro 25 anos depois

Técnico da Inglaterra revive trauma dos pênaltis na Euro 25 anos depois

Gareth Southgate perdeu o pênalti que tirou a Inglaterra da final da Eurocopa de 1996; agora, como treinador, viu o título ir para Itália

  • Futebol | Paulo Guilherme, do R7

O técnico Gareth Southgate coloca os jogadores Sancho e Rashford no final da partida; ambos erraram os pênaltis

O técnico Gareth Southgate coloca os jogadores Sancho e Rashford no final da partida; ambos erraram os pênaltis

 O técnico Gareth Southgate reviveu na derrota para a Itália na final da Eurocopa 2020 neste domingo (11) um trauma que o atormenta há 25 anos: derrota em Wembley em decisão por pênaltis.

Quando era jogador da seleção da Inglaterra, na antiga versão do estádio de Wembley, Southgate perdeu o pênalti na disputa contra a Alemanha na semifinal da Eurocopa de 1996 realizada na Inglaterra. Agora, Southgate reviveu o drama como treinador. Três dos cinco jogadores que ele escolheu para cobrar pênaltis falharam.

Por mais que Southgate tentasse esquecer daquele erro, sua carreira como jogador ficou marcada pelo pênalti perdido. "Tudo o que fiz até agora e talvez no futuro possa ser ofuscado", disse ele em entrevista que deu na época daquela Eurocopa. "Os fãs vão se lembrar instantaneamente da penalidade perdida."

Decepção para torcida da Inglaterra em casa

Decepção para torcida da Inglaterra em casa

Reuters/Ed Sykes

A Inglaterra organizou aquela Eurocopa de 1996 para ser campeã e acabar com a fila de títulos - a única grande conquista da seleção inglesa até hoje era a Copa do Mundo de 1966. O time tinha craques como Paul Gascoigne, David Platt, Alan Shearer e o promissor quarto-zagueiro Southgate, então com 25 anos.

A música tema da seleção inglesa era "Football is coming home" (O futebol está voltando para casa), em uma referência aos inventores do esporte. Southgate se destacava no campeonato - teve uma atuação decisiva no jogo contra a Holanda anulando o craque Bergkamp.

Ele não estava na lista de cobradores na semifinal contra a Alemanha. Mas os cinco jogadores das duas seleções converteram os pênaltis, e Southgate apareceu para a sexta cobrança. Chutou no canto direito, rasteiro, mas o goleiro alemão Andreas Kopke (hoje treinador de goleiros da seleção alemã) defendeu.

"Sinto que decepcionei todo o país", disse Southgate depois daquele jogo.

A Alemanha foi campeã da Euro 1996 com seu capitão Jurgen Klinsmann recebendo a taça das mãos da Rainha Elizabeth.

Southgate na propaganda da Pizza Hut

Southgate na propaganda da Pizza Hut

Reprodução

Southgate tentou seguir em frente em sua carreira, jogou ainda a Copa do Mundo de 1998 e foi reserva em 2002. Mas ficou marcado pelo pênalti. Chegou até a fazer um comercial para uma pizzaria ironizando seu trauma ao ir comer pizza escondido por um saco de papel na cabeça.

Após pendurar as chuteiras, Southgate se tornou treinador e ficou famoso por se vestir com um colete azul. Assumiu a seleção da Inglaterra em setembro de 2016 e, dois anos depois, dirigiu a equipe na Copa do Mundo realizada na Rússia.

Treino obrigatório

Southgate obrigou seus jogadores a treinarem pênaltis todos os dias. Na Copa da Rússia, a lição funcionou: vitória nos pênaltis sobre a Colômbia nas oitavas-de-final. Mas a Inglaterra perdeu para a Croácia na semifinal e terminou em terceiro lugar.

Agora, na final da Eurocopa, Southgate colocou dois jogadores no final da prorrogação apenas para cobrar pênalti. E os dois erraram. Marcus Rashford chutou na trave e Jadson Sancho teve a cobrança defendida pelo goleiro Gianluigi Donnaruma. Outro jogador que entrou durante a partida, Bukayo Saka, de 19 anos, também perdeu o último pênalti da Inglaterra. E o trauma de Southgate continua.

Após a derrota, Southgate assumiu toda a responsabilidade. "Escolhi os cobradores. Estou muito desapontado por não termos dado um passo adiante. Decidimos fazer as mudanças no final do jogo, mas perdemos e vencemos juntos, como uma equipe", acrescentou o treinador em entrevista à emissora de televisão ITV.

Donnaruma defende pênalti de Saka; Itália campeã

Donnaruma defende pênalti de Saka; Itália campeã

Reuters/Facundo Arrizabalaga

Últimas