Futebol Sócios aprovam venda da SAF do Vasco à 777 Partners

Sócios aprovam venda da SAF do Vasco à 777 Partners

Assembleia foi realizada de forma híbrida, com parte presencial na sede do Calabouço, e contou com mais 4.900 torcedores no pleito

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Torcedores do Vasco celebraram na sede do Calabouço a venda do futebol à 777 Partners

Torcedores do Vasco celebraram na sede do Calabouço a venda do futebol à 777 Partners

Divulgação/Vasco

Dia histórico para o Vasco. Foi aprovada na noite deste domingo (7), por maioria esmagadora, a venda de 70% da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do clube à 777 Partners, empresa norte-americana. O resultado da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) deste domingo, que contou com 4.907 participantes, foi de 3.898 votos favoráveis (79,44%), 976 contrários (19,89%), 18 nulos (0,37%) e 15 em branco (0,31%).

A operação, aprovada depois de um projeto lapidado por aproximadamente oito meses, chega ao valor total de R$ 700 milhões como herança da dívida, além de R$ 700 milhões de investimento no futebol. Desse montante, R$ 70 milhões já foram adiantados no mês de março.

O pleito foi realizado de forma híbrida, com a parte presencial na sede do Calabouço, no Centro do Rio de Janeiro. Centenas de torcedores se reuniram para celebrar a virada de chave na parte estrutural do clube. Após o resultado, o presidente Jorge Salgado previu dias melhores.

"Vai resolver grande parte dos nossos problemas. Sabem dos problemas financeiros e isso está equacionado com o acordo. Injeção de capital de R$ 700 milhões, reforçar futebol e pagar dívida. Transferir a dívida para 777. Acordo excepcional", disse o mandatário.

Próximos passos

Com a venda, a 777 Partners, que conta com Josh Wander e Steven Pasko como acionistas majoritários, assume o controle do futebol masculino, feminino e das categorias de base a partir desta segunda-feira (8). 

O grupo norte-americano, como previsto no acordo, terá de investir R$ 120 milhões ainda em 2022. O valor será usado em contratações, seja nesta janela de transferências — que se encerra no próximo dia 15 —, seja em dezembo, para pagar folhas salariais e na ampliação e reestruturação do CT Moacyr Barbosa e do CT da Base Forte.

Casa cheia e empate frustrante: a reestreia de Alex Teixeira pelo Vasco

Últimas