Futebol Sem Vítor Pereira e Paulinho, Corinthians viaja para Colômbia

Sem Vítor Pereira e Paulinho, Corinthians viaja para Colômbia

Treinador português fica no Brasil por conta do protocolo da Conmebol da Covid-19; volante trata uma lesão no joelho

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Técnico Vítor Pereira em jogo pelo Corinthians

Técnico Vítor Pereira em jogo pelo Corinthians

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians divulgou na tarde desta segunda-feira (2) os jogadores relacionados para a viagem a Colômbia, onde o time enfrenta o Deportivo Cali, nesta quarta-feira (4), às 21h, pela 4ª rodada da Copa Libertadores. A delegação terá como principais ausências o técnico Vítor Pereira e o volante Paulinho, substituído contra o Fortaleza ainda no primeiro tempo, por uma suspeita de entorse no joelho esquerdo.

O jogador passou por exames e fica em São Paulo. Ainda não se sabe a gravidade da lesão. Já o treinador português não viaja por conta do protocolo da Conmebol da Covid-19, que libera quem contraiu a doença, a partir do 11º dia do teste positivo. Somente nesta quarta-feira, Vítor Pereira estaria liberado. Com isso, o auxiliar Filipe Almeida deve ficar à beira do campo.


A novidade entre os relacionados é o zagueiro Robson Bambu, recuperado de uma lesão na coxa direita, que o deixou de fora das últimas sete partidas do Timão. Quem está fora do jogo é o lateral-direito Rafael Ramos, titular contra o Fortaleza, que não está inscrito na Libertadores. Fagner será o titular na Colômbia.

Para encarar o Deportivo Cali, o Timão deverá jogar com: Cássio; Fagner, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz, Maycon e Renato Augusto (Giuliano); Róger Guedes, Willian e Jô.

Confira a lista dos relacionados:

Goleiros: Cássio, Ivan e Matheus Donelli
Laterais: Bruno Melo, Fábio Santos, Fagner e Lucas Piton
Zagueiros: Gil, João Victor, Raul Gustavo e Robson
Meio-campistas: Cantillo, Du Queiroz, Giuliano, Maycon, Renato Augusto, Roni, Willian e Xavier
Atacantes: Adson, Gustavo Mantuan, Gustavo Silva, Jô, Júnior Moraes e Róger Guedes

Jogador inglês acusado de estupro e ameaças de morte seguirá detido até junho

Últimas