Futebol Sem sustos, Fluminense vence na estreia da Copa Sul-Americana

Sem sustos, Fluminense vence na estreia da Copa Sul-Americana

Tricolor dominou o Oriente Petrolero no Maracanã e garantiu a vitória por 3 a 0; próxima rodada será na quarta-feira (13)

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Jhon Arias, do Fluminense, marcou o segundo gol da partida pela Sul-Americana

Jhon Arias, do Fluminense, marcou o segundo gol da partida pela Sul-Americana

Mailson Santana/Fluminense FC (6.4.2022)

O Fluminense estreou na Copa Sul-Americana de 2022 com uma boa vitória. Na noite desta quarta-feira (6), o Tricolor venceu o Oriente Petrolero, da Bolívia, por 3 a 0, em partida disputada no Maracanã.

Com mais uma boa atuação de Paulo Henrique Ganso dominando o meio de campo, o time do técnico Abel Braga venceu com os gols de Cris Silva e Jhon Arias, ainda no primeiro tempo, e Zazpe, contra, na segunda etapa.

Com esse resultado positivo, o Fluzão lidera o Grupo H da competição com três pontos, enquanto, na outra partida, Unión de Santa Fé e Junior Barranquilla empataram por 1 a 1. Somente o primeiro colocado de cada grupo avança de fase.

O jogo
Início de jogo bastante lento no Maracanã, com as duas equipes se conhecendo. O Oriente Petrolero começou recuado, dificultando a criação do Fluminense, que ficou trocando muitos passes, sem infiltração.

O primeiro a chegar com perigo foi o Petrolero, aos 22’. Em cruzamento para a área, Manoel falhou na tentativa de chutão, e Ribera, no bate-rebate com Fábio, finalizou caído e o goleiro defendeu.

Demorou 30 minutos para o Fluzão abrir o placar. Ganso, mais uma vez, construiu a jogada na intermediária, tocou para Yago Felipe finalizar e, no rebote, Cris Silva empurrou para o gol, marcando o primeiro com a camisa tricolor.

Pouco tempo depois, aos 39’, o segundo gol do Fluminense, dessa vez de Jhon Arias. Em mais uma jogada construída de passe em passe, passando por diversos jogadores, Samuel Xavier encontrou o colombiano entrando na área, pronto para finalizar na meia altura do canto direito do goleiro, sem chance para Quiñónez.

O Fluminense mostrou ser muito superior ao adversário, que tentou recuar para segurar o jogo, mas não suportou a pressão dos jogadores tricolores. No primeiro ataque do segundo tempo, logo aos 3 minutos, Ganso, sozinho, recebeu passe de Jhon Arias e chutou com efeito, mas o goleiro Quiñónez fez bela defesa, impedindo o 3 a 0.

No primeiro lance de Willian e Luiz Henrique na partida, Bigode quase fez gol. O camisa 11 iniciou a jogada, tocou para Germán Cano na ponta direita e, em cruzamento, Willian Bigode cabeceou para o chão e, na subida da bola, o goleiro fez uma ótima defesa.

Demorou, mas o 3 a 0 veio. Aos 27’, o Flu tentou um ataque com cruzamento de Willian para Luiz Henrique, o zagueiro Zazpe tentou cortar, mas cabeceou para o gol, marcando contra.

Em um jogo dominado durante os 90 minutos, o Tricolor venceu bem e segue sem perder na estreia na história da Sul-Americana.

Próximos jogos
O Flu volta a entrar em campo na Sul-Americana, pela segunda rodada, na próxima semana, na quarta-feira (13), às 21h30, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia.

Antes disso, tem estreia no Campeonato Brasileiro, no sábado (9), às 16h30, contra o Santos, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 3 x 0 Oriente Petrolero (Bolívia)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: quarta-feira (6), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Carlos Lopez e Lubin Torrealba (ambos da Venezuela)

Gols: Cris Silva aos 30’/1ºT, Jhon Arias aos 39’/1ºT, e Zazpe, contra, aos 27’/2ºT (Fluminense)

FLUMINENSE: Fábio; David Duarte, Manoel (Luccas Claro) e David Braz; Samuel Xavier, André (Wellington), Yago Felipe, Cris Silva e PH Ganso (Luiz Henrique); Jhon Arias (Willian Bigode) e Germán Cano (Fred). Técnico: Abel Braga.

ORIENTE PETROLERO: Quiñónez; Maximiliano Caire, Sebastián Alvarez, Zazpe Rodríguez e Carlos Roca (Marcelo Suárez); Mercado, Daniel Rojas (Ferddy Roca), Guaycochea (Miguel Ríos), Ribera (Sánchez) e Dorrego; Facundo Suárez (Sandoval). Técnico: Erwin Sánchez.

Champions: Benzema volta a fazer 3 e deixa Real perto da semifinal; Villarreal surpreende o Bayern

Últimas