Futebol Sem folga, Palmeiras tem partidas decisivas perto da virada do ano

Sem folga, Palmeiras tem partidas decisivas perto da virada do ano

Classificado para semifinal da Copa do Brasil, Verdão tem dois confrontos com América-MG e um clássico contra o Corinthians, pelo Brasileirão

Agência Estado - Esportes
Devido confrontos, jogadores do Alviverde não terão tempo de aproveitar fim do ano

Devido confrontos, jogadores do Alviverde não terão tempo de aproveitar fim do ano

Cesar Greco/Palmeiras

Os jogadores do Palmeiras não terão festas de fim de ano. Mas será por um ótimo motivo. A equipe se classificou para as semifinais da Copa do Brasil e enfrentará o América-MG, em confronto que tem os dias 23 e 30 de dezembro como datas-base. Poderiam até curtir a virada do ano, mas logo no terceiro dia de 2021 fazem clássico com o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

Em ano atípico de futebol por causa da pausa ocasionada pela pandemia de covid-19, o fim do ano será repleto de jogos. E para o palmeirense, ainda mais, com os duelos decisivos diante dos mineiros. O elenco pode até passar o Natal com a família, mas não poderá abusar por causa do jogo com o Bragantino, que tem o dia 27 como data-base, e, depois, o confronto de volta da semifinal da Copa do Brasil.

A virada de ano também será de concentração total. Como joga dia 30 diante dos mineiros e no dia 3 contra o Corinthians, terá de trabalhar no período em que antes servia para descanso e a queima de rojões. É possível que haja treino em véspera e até nos tradicionais feriados, algo inusitado no País.

Nada de reclamar. Muitos queriam estar no lugar do Palmeiras. Buscando títulos na temporada, o clube está muito perto na Copa do Brasil e em chave teoricamente mais fácil na Libertadores. Além de rondar os líderes do Brasileirão. Até a maratona de dezembro, a meta é não perder mais jogadores por lesão. Mesmo com muitos jogos pela frente.

Zé Rafael, que já vinha atuando no sacrifício, não aguentou as dores no tornozelo e foi substituído no primeiro tempo diante do Ceará, quarta-feira, pela Copa do Brasil. Deve ser desfalque no sábado, diante do Goiás, pelo Brasileirão. Felipe Melo e Wesley não jogam mais na temporada e Luiz Adriano só agora está recuperado das dores musculares. Sem contar os 15 infectados com a covid-19.

"É fato que, neste momento, estamos com muitas baixas", lamentou o auxiliar Vitor Castanheira, antes de elogiar a união e confiança do elenco. "Mas a equipe está bem, sentimos o grupo extremamente confiante e unido, e eles (jogadores) têm demonstrado isso em todos os jogos. Todos os jogadores que entram estão dando o máximo", festejou.

São nove jogos de invencibilidade e sábado, diante do lanterna Goiás, o Palmeiras tentará entrar de vez na briga pelo título do Brasileirão. Está quatro pontos atrás do líder Atlético-MG e com um jogo a menos. A proposta é encostar de vez. Resta saber com qual escalação.

Gustavo Gomez retoma a vaga de titular na defesa e Luiz Adriano pode começar o jogo após se recuperar das dores musculares. O técnico Abel Ferreira também volta após cumprir suspensão diante do Ceará.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Surto no esporte! Confira clubes que já sofreram baixas pela covid-19

Últimas