Futebol Sem brilhar em 2018, São Paulo amplia jejum de títulos e de finais

Sem brilhar em 2018, São Paulo amplia jejum de títulos e de finais

A temporada 2018 do futebol brasileiro terminou e, para o torcedor do São Paulo, ficou mais uma vez a frustração por ver a equipe fora da briga por taças. Pior: não bastasse o jejum de conquistas, o clube também não chega mais a finais. Desde que o Tigre, da Argentina, não voltou para o segundo tempo da decisão da Copa Sul-Americana de 2012, no Morumbi, e os brasileiros foram declarados campeões do torneio continental, o time tricolor entrou em campo 422 vezes. Em nenhuma delas, foi para decidir um título.

O Estado levantou todas as partidas disputadas pelo São Paulo de lá para cá em cada competição, para ter ideia de como tem sido o desempenho do clube nos torneios. As melhores campanhas se deram nos Campeonatos Paulistas de 2013, 2015, 2017 e 2018, na Sul-Americana de 2014 e na Libertadores de 2016. Em todos esses casos, a equipe parou nas semifinais.

Neste ano, voltou a liderar o Brasileirão após um hiato de três anos. Durou oito rodadas no topo da tabela e fez a torcida acreditar que era possível terminar à frente dos concorrentes. Porém, o time perdeu fôlego, trocou de técnico e acabou até mesmo fora do G-4, o que lhe obrigará a disputar a pré-Libertadores para buscar uma vaga na fase de grupos do torneio.

Confira, ano a ano, como foi o desempenho do São Paulo:

2018 - 64 jogos, 29 vitórias, 19 empates, 16 derrotas

2017 - 64 jogos, 24 vitórias, 22 empates, 18 derrotas

2016 - 71 jogos, 27 vitórias, 18 empates, 26 derrotas

2015 - 71 jogos, 37 vitórias, 11 empates, 23 derrotas

2014 - 69 jogos, 37 vitórias, 15 empates, 17 derrotas

2013 - 83 jogos, 35 vitórias, 15 empates, 33 derrotas

Total: 422 jogos, 189 vitórias, 100 empates, 133 derrotas

Veja o retrospecto por competição:

Campeonato Paulista: 102 jogos, 53 vitórias, 21 empates, 28 derrotas

Campeonato Brasileiro: 228 jogos, 95 vitórias, 62 empates, 71 derrotas

Copa do Brasil: 26 jogos, 15 vitórias, 3 empates, 8 derrotas

Copa Libertadores: 32 jogos, 13 vitórias, 5 empates, 14 derrotas

Copa Sul-Americana: 20 jogos, 9 vitórias, 6 empates, 5 derrotas

Recopa Sul-Americana: 2 jogos, 2 derrotas

Amistosos*: 12 jogos, 4 vitórias, 3 empates, 5 derrotas

*Entram nessa conta Flórida Cup, Copa Audi, Taça Suruga, Copa Eusébio, além de jogos aleatórios

    Access log