Futebol Santos vira jogo no fim e pode ter melhor campanha da Libertadores

Santos vira jogo no fim e pode ter melhor campanha da Libertadores

Com gol já nos acréscimos, time bate o Defensa y Justicia, chega aos 16 pontos, e agora 'seca' o Palmeiras para encerrar 1ª fase na liderança geral

  • Futebol | Do R7

Soteldo ajudou o Santos a vencer o Defensa y Justicia

Soteldo ajudou o Santos a vencer o Defensa y Justicia

AMANDA PEROBELLI/EFE 20.10.20

O Santos é o melhor time da Libertadores! Com um gol já nos acréscimos, o time venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1, na noite desta terça-feira (20), na Vila Belmiro, e tem grandes chances de fechar a primeira fase do torneio como a melhor campanha no geral.

Com a vitória, a quinta em seis jogos, o Peixe chegou aos 16 pontos e só não encerra a primeira fase com a melhor campanha geral, se o Palmeiras, que joga nesta quarta, vencer o seu último desafio, contra o Tigre. O Alviverde, com 13 pontos, tem saldo de gols superior ao Peixe.

Os gols do jogo foram marcados por Lucas Braga e Marcos Leonardo, para o time brasileiro, e Braian Romero, que abriu o placar no duelo.

A outra vaga do grupo ficou com o surpreendente Delfín, que neste terça venceu o Olímpia, fora de casa, por 1 a 0. O Defensa vai à Copa Sul-Americana.

O Santos agora foca no Campeonato Brasileiro, onde, no próximo domingo (25), encara o Fluminense no Maracanã. Na Libertadores, a equipe conhecerá seu adversário nas oitavas de final na próxima sexta-feira (23). Os jogos estão programados para o final de novembro e início de dezembro.

SANTOS 2 X 1 DEFENSA Y JUSTICIA (ARG)

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/Horário: 20 de outubro 2020, às 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Leodan González (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Nicolás Taran (URU)
Renda/Público: Portões fechados
Gols: 0-1 Braian Romer (06'/2T); 1-1 Lucas Braga (32'/2T); 2-1 Marcos Leonardo (47'/2T)
Cartões amarelos: Jobson, Diego Pituca, Lucas Braga e Wagner Leonardo (Santos); Braian Romero e David Martínez (Defensa y Justicia)

SANTOS: João Paulo; Pará (Marcos Leonardo, 37'/2T), Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Wagner Leonardo, 28'/2T); Jobson (Sandry, 11'/2T), Diego Pituca e Jean Mota (Lucas Lourenço, intervalo); Arthur Gomes (Lucas Braga, 11'/2T), Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca.

DEFENSA Y JUSTICIA (ARG): Unsain; Fráas, Paredez (Leguizamón, 41'/2T) e Martínez; Rius, Romero, Benítez e Fernández (Acevedo, 35'/2T); Isnaldo, Pizzini (Camacho, 23'/2T) e Hachen (Merentiel, 34'/2T). Técnico: Hernán Crespo.

PSG se dá mal, e Barça goleia! O melhor da abertura da Champions

Últimas