Futebol Santos empata com Fortaleza em jogo marcado por decisões do VAR

Santos empata com Fortaleza em jogo marcado por decisões do VAR

Árbitro de vídeo anula 2 gols e aponta pênalti que time cearense perde no empate em 1 a 1, neste domingo (15), no Castelão

  • Futebol | Cesar Sacheto, do R7

Santos e Fortaleza empatam em jogo marcado pelo VAR, neste domingo (15)

Santos e Fortaleza empatam em jogo marcado pelo VAR, neste domingo (15)

DANIEL GALBER/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 15.8.2021

Fortaleza e Santos empataram em 1 a 1, neste domingo (15), no Castelão, na capital cearense, em jogo pela 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, em jogo que teve o resultado determinado por três lances definidos por análises do VAR — o time da casa teve dois gols anulados e um pênalti marcado — e perdido — após análise da arbitragem de vídeo.

A igualdade foi comemorada por palmeirenses, pois manteve o time nordestino na terceira posição na tabela do Brasileirão, com 31 pontos, um a menos que o Alviverde — ainda vice-líder, com 32. Já o Santos está em nono lugar, com 21, embolado no meio da tabela com o Corinthians (10º), ambos com a mesma pontuação.

O jogo

Mesmo atuando na casa do adversário — que havia vencido o líder Palmeiras, em São Paulo, na rodada passada —, o time santista buscou o ataque.

A equipe santista teve a primeira boa chance aos 14 minutos em um ótimo chute do meia Jean Mota.

No entanto, aos 22 minutos, o Fortaleza abriu o placar com Lucas Crispim, que acertou um belo chute após uma sobra dentro da área para vencer o goleiro João Paulo e fazer o primeigo gol da partida.

Mas o Santos não se intimidou e, aos 24, chegou ao empate. Gabriel Pirani foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou, o goleiro Boeck cortou mal e o uruguaio Carlos Sánchez aproveitou o rebote, de cabeça: 1 a 1.

No segundo tempo, o Fortaleza buscou a vitória, pressionou o Santos e teve dois gols — que recolocariam a equipe à frente do placar — anulados pela arbitragem.

VAR em ação

Aos 25, o atacante David ganhou a disputa com o zagueiro Luiz Felipe, após um lançamento longo, limpou o goleiro João Paulo e tocou par ao fundo das redes do Santos. Mas a arbitragem foi avisada pelo VAR que a bola tocou no braço do santista e impugnou o lance.

Mais tarde, aos 38 minutos, Yago Picachu dominou sozinho na área adversária e fez o gol, mas a jogada foi anulada pelo árbitro André Luiz de Freitas Castro. Após nova revisão do VAR, a decisão do gramado foi mantida.

Porém, as emoções do duelo ainda não haviam terminado. Aos 44 minutos, a equipe do VAR avisou a arbitragem de campo sobre um possível toque no braço de um defensor santista em bola cruzada na área.

Mais uma vez, André Luiz de Freitas Castro foi até as câmeras e avaliou o lance. Desta vez, ele decidiu modificar a decisão inicial e apontou a penalidade máxima.

Na cobrança, Lucas Crispim, autor do primeiro gol e ex-jogador do Santos, bateu no canto direito, mas o goleiro João Paulo defendeu a cobrança, salvando a equipe paulista da derrota já nos acréscimos da partida.

FORTALEZA 1 X 1 SANTOS

Local: Castelão, Fortaleza (CE)
Data e horário: 15 de agosto de 2021, às 18h15
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Gols: Lucas Crispim (22'/1º T), Carlos Sánchez (24'/1ºT)
Cartões Amarelos: Yago Pikachu, Robson (FOR), João Paulo (SAN)
FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Benevenuto, Titi; Yago Pikachu (Edinho, aos 40'/2ºT), Matheus Jussa, Ederson, Matheus Vargas (Romarinho, aos 24'/2ºT), Lucas Crispim; Wellington Paulista (David, aos 18' do 2ºT) e Robson (Henríquez, aos 24'/2ºT). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.
SANTOS: João Paulo; Madson (Moraes, aos 41'/2ºT), Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Camacho (Wagner Leonardo, aos 41'/2ºT) , Jean Mota (Ivonei, aos 16'/2ºT) e Carlos Sánchez (Pará, aos 34'/2ºT); Gabriel Pirani (Raniel, aos 15'/2ºT), Marcos Guilherme e Lucas Braga. Técnico: Fernando Diniz.

Barcelona inicia era pós-Messi com vitória no Campeonato Espanhol:

Últimas