Sánchez rescinde com Manchester United e assina com Inter de Milão

Atacante estava na equipe italiana por empréstimo mas após boas atuações, clube de Milão fechou um contrato de três anos com chileno

Jogador que estava emprestado, assinou com a equipe por três temporadas

Jogador que estava emprestado, assinou com a equipe por três temporadas

Jennifer Lorenzini/Reuters

Alexis Sánchez agora é, em definitivo, jogador da Inter de Milão. Nesta quinta-feira, o atacante chileno rescindiu o seu contrato com o Manchester United, pelo qual teve uma passagem decepcionante, e assinou gratuitamente um acordo com o time italiano.

Sánchez, de 31 anos, chegou ao Manchester em janeiro de 2018, sob grande expectativa, após passagem marcante pelo Arsenal. Mas depois de marcar apenas cinco gols em 45 jogos, o chileno foi emprestado para a Inter de Milão para a temporada 2019/2020, com o United pagando parte dos seus salários.

Na Inter, Sánchez disputou 30 jogos e marcou quatro gols. Foi o suficiente para o clube italiano fechar um acordo, agora em definitivo, com ele, com o contrato sendo válido até junho de 2023.

"Todo mundo no Manchester United deseja a Alexis Sanchez tudo de bom no futuro da sua carreira ao ingressar na Inter de Milão em uma transferência permanente", disse o United, que ainda tinha dois anos de contrato com o atacante chileno.

Na quarta-feira, quando a Inter enfrentou o Getafe pela Liga Europa, Giuseppe Marotta, CEO do time italiano, já havia indicado que Sánchez seria mantido pela Inter. "Acreditamos nele e na sua possibilidade de se sair bem na equipe", afirmara o dirigente.

Além das passagens pelos dois gigantes do futebol inglês, Sanchez possui um currículo extenso, também tendo atuado por Barcelona e Udinese na Europa, os chilenos Colo-Colo e Cobreloa, além do argentino River Plate.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

No estilo! Confira novos uniformes dos times europeus para temporada