Libertadores

Futebol Rony desencanta, Palmeiras atropela o Bolívar e se classifica

Rony desencanta, Palmeiras atropela o Bolívar e se classifica

Atacante, contratado no inicio do ano, finalmente marcou o primeiro gol pelo clube. Wesley, formado na base, foi um dos destaques da goleada por 5 a 0

  • Futebol | Do R7

Jogadores do Palmeiras comemoram gol marcado sobre o Bolívar

Jogadores do Palmeiras comemoram gol marcado sobre o Bolívar

Sebastiao Moreira/EFE 30.09.20

O Palmeiras está garantido nas oitavas de final da Libertadores! Com uma grande atuação no segundo tempo, o time superou o Bolívar com tranquilidade e, com a goleada por 5 a 0, na noite desta quarta-feira (30), confirmou a classificação no Grupo B com uma rodada de antecedência.

Com o resultado, o Alviverde afasta ainda a desconfiança de parte da torcida, bastante irritada com a sequência de quatro empates nos últimos cinco jogos.

Apenas para cumprir tabela, o Palmeiras volta a jogar pela competição continental no dia 21 de outubro, quando recebe o já eliminado Tigre.

Gol relâmpago!
O Palmeiras começou o jogo com tudo. Tanto é que no primeiro lance de ataque, já chegou ao gol. Rony fez a jogada pela direita e cruzou para Wesley. O atacante finalizou mal, mas a bola sobrou com Willian, que fez 1 a 0.

Mudança de ritmo
Depois do gol rápido, parecia que o Alviverde atropelaria o Bolívar, mas o cenário mudou. Os visitantes, com bastante espaço, passaram a ameaçar e só não empataram em duas oportunidades graças ao goleiro Weverton, importante principalmente em um lance aos 46, quando desviou cobrança de escanteio que ia na direção do gol.

Enquanto isso, o Palmeiras ameaçava apenas em contra-ataques. Aos 34, Wesley recebeu pela esquerda e bateu firme, exigindo boa defesa de Javier Rojas.

Gol relâmpago (mais um)
Se no primeiro tempo o Palmeiras marcou logo no início, o cenário se repetiu após o intervalo. E com um golaço. Wesley recebeu na esquerda, invadiu a área e bateu com categoria, no ângulo, para fazer o segundo.

Virou passeio!
Porém, ao contrário da primeira etapa, quando diminuiu o ritmo, dessa vez o Alviverde se manteve no ataque. E os gols saíram.

O terceiro foi aos 13, em belo chute de Viña. Dois minutos mais tarde, o lateral uruguaio cruzou na medida para Raphael Veiga, que também deixou o seu.

Aos 18, veio o quinto. Wesley cruzou com estilo e Rony (finalmente) marcou o seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras. O atacante foi muito celebrado pelos companheiros na comemoração.

Depois dos três gols em cinco minutos, aí sim o Alviverde relaxou. E com a goleada consumada e a classificação garantida, apenas administrou até o apito final.

PALMEIRAS 5 X 0 BOLÍVAR (BOL)
Data:
30 de setembro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leodán González (URU)
Assistentes: Nicolas Taran e Richard Trinidad (ambos do URU)
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Weverton (PAL); Fernández (BOL)
GOLS: Willian, aos quatro minutos do primeiro tempo (1-0); Wesley, aos dois minutos do segundo tempo (2-0); Viña, aos 13 minutos do segundo tempo (3-0); Raphael Veiga, aos 15 minutos do segundo tempo (4-0); Rony, aos 18 minutos do segundo tempo (5-0)
PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Felipe Melo (Luan), Gustavo Gómez (Vitor Hugo) e Viña; Patrick de Paula, Bruno Henrique (Ramires) e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
BOLÍVAR: Rojas; Bejarano (Quinteros), Jusino, Haquín e Fernández; Saavedra, Oviedo (Machado), Anderson Cruz (Cataldi), Rey (Vaca) e Arce; Riquelme. Técnico: Claudio Vivas.

Com Pato e Giuliano sem clube, confira craques livres no mercado

Últimas