Futebol Rincón segue em estado 'muito crítico', diz novo boletim médico

Rincón segue em estado 'muito crítico', diz novo boletim médico

Veículo do ex-jogador bateu em um ônibus na madrugada desta segunda-feira (11), em Cali; ele sofreu traumatismo craniano 

  • Futebol | Do R7

Rincón é um dos grandes ídolos da história do Corinthians

Rincón é um dos grandes ídolos da história do Corinthians

Reprodução/Record TV

O estado de saúde Freddy Rincón continua muito crítico, informa o boletim médico divulgado pela Clínica Imbanaco na tarde desta terça-feira (12). O ex-jogador da seleção colombiana e ídolo do Corinthians, que sofreu um grave acidente de carro em Cali, na Colômbia, segue internado na UTI.

“Freddy Eusebio Rincon Valencia continua em nosso Unidade de Terapia Intensiva, onde está sendo atendido por parte de um grupo interdisciplinar de profissionais, após cirurgia por traumatismo cranioencefálico grave. Após este tipo de procedimento, é prudente acompanhar a evolução do paciente, por isso a equipe médica decidiu realizar alguns exames adicionais em seu cérebro para determinar os passos a seguir. Neste momento, o paciente continua com as medidas de suporte avançado e seu prognóstico não mudou”, diz o comunicado.

Em coletiva de imprensa, o Dr. Laureano Quintero, diretor da clínica, onde ele está internado, pediu para que parem de divulgar notícias falsas sobre o estado de saúde do ex-jogador, e que respeitem a dor da família. Desde a manhã desta terça-feira, rumores de que Rincón teria tido uma morte cerebral circulam na internet.

Na segunda, o ex-atleta colombiano foi submetido a uma cirurgia de duas horas e 45 minutos após os médicos constatarem traumatismo craniano. Depois da operação, ele foi encaminhado à UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Rincón estava em um carro que se chocou violentamente contra um ônibus, em Cali. Imagens divulgadas nas redes sociais mostraram ambos os veículos bastante danificados após a colisão. Outras três pessoas ficaram feridas no acidente, incluindo o motorista do ônibus, que está fora de perigo, e duas pessoas que estavam no carro do ex-jogador.

Rincón é conhecido como um dos grandes jogadores da história do futebol colombiano, com três Copas do Mundo no currículo. No Brasil, foi campeão mundial pelo Corinthians, em 2000, além de ter conquistado duas vezes o Campeonato Brasileiro e um estadual com a camisa alvinegra. Também acumula passagens por Palmeiras, Real Madrid, Santos e Cruzeiro.

Aos 55 anos, ele atualmente trabalha como comentarista esportivo na Colômbia.

Chelsea abre 3 a 0, mas cai para o Real na prorrogação; Villarreal elimina o Bayern

Últimas