Futebol Quatro grandes de SP se unem em campanha do Hospital das Clínicas

Quatro grandes de SP se unem em campanha do Hospital das Clínicas

Um dos principais hospitais da capital paulista na luta contra o novo coronavírus está em campanha para conseguir arrecadar R$ 10 milhões

Lance
Objetivo é arrecadar R$ 10 milhões em doações

Objetivo é arrecadar R$ 10 milhões em doações

Lance

Maior hospital da América Latina e um dos principais centros de atendimento do SUS (Sistema Único de Saúde), o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo está arrecadando recursos na luta contra o novo coronavírus e ganhou o reforço das quatro principais forças do futebol paulista. Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo se uniram à administração do hospital na campanha do #VEMPRAGUERRA.

Leia mais: Ex-craques falam sobre redução salarial: 'É hora de ajudar'

O objetivo é arrecadar R$ 10 milhões através de doações da sociedade civil para comprar máscaras cirúrgicas, máscaras N95, álcool gel, aventais, toucas descartáveis e demais itens de primeira necessidade. Além disso, o Hospital espera comprar três máquinas de Raio-X para auxiliar no trabalho dos médicos e enfermeiros na luta contra o COVID-19.

Com o apoio dos quatro grandes clubes de São Paulo, que cederam espaço em suas redes sociais para a campanha publicitária, o Hospital das Clínicas já conseguiu arrecadar mais de R$ 2 milhões. Contudo, ainda há um caminho longo a ser percorrido até que um dos principais centros médicos da maior metrópole da América da Sul alcance sua meta.

Por conta da crise econômica e da alta da demanda de todos os produtos, os preços dos itens de primeira necessidade tiveram um aumento considerável nos preços. As máscaras N95, por exemplo, custavam R$ 1,35. Agora, estão sendo comercializadas por R$ 27,90 - de acordo com projeção do Hospital.

Além de Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, outros esportistas aderiram à causa e estão se mobilizando para conseguirem doações. Nomes como Rubens Barrichelo, Miguel Pupo e Pedro Dib também usaram seu alcance para ajudarem.

Todas as informações sobre a campanha estão no site www.charidy.com/vempraguerra.

Neymar explica futevôlei após ser criticado por imprensa na Espanha

Últimas