Prefeito de Barranquilha anuncia saída de Borja do Palmeiras

Atacante colombiano passa a defender seu time do coração por empréstimo de um ano e cláusula de compra obrigatória de acordo com algumas metas

Borja teve um 2019 bastante ruim com a camisa do Palmeiras

Borja teve um 2019 bastante ruim com a camisa do Palmeiras

Reprodução/Twitter

A novela envolvendo a saída de Miguel Borja do Palmeiras finalmente teve um desfecho neste sábado. E de uma forma inusitada. Isso porque quem anunciou a transferência do atacante para o Junior Barranquilla, da Colômbia, foi o prefeito da cidade, através de suas redes sociais.

"Um sonho realizado! Não é mentira, Miguel Ángel Borja já é tubarão. Que alegria esta notícia aos junioristas de alma. Junior chegou a um acordo com o Palmeiras e esta tarde (ele) chegará a Barranquilla para começar este novo ciclo", postou Alejandro Char em seu Twitter. O político é irmão do presidente do Junior, Fuad Char.

O atacante de 26 anos será emprestado por um ano, com valor de compra fixado e ainda uma cláusula de compra automática, caso ele marque 23 gols, ou participe como titular de 73% dos jogos do time na temporada.

Contratado pelo Palmeiras em 2017, Borja chegou com muita expectativa graças ao excelente rendimento no ano anterior, no Atlético Nacional, onde foi campeão da Libertadores. No Brasil, apesar do título Brasileiro em 2018, ele nunca conseguiu se firmar. Neste ano, sob comando de Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes, ele disputou 25 jogos e marcou seis gols com a camisa alviverde.

Nos últimos dias, ele esteve muito perto de se transferir para o Olímpia, do Paraguai, mas acabou preferindo ir jogar no seu time de coração.

Confira a lista dos 20 jogadores que mais se valorizaram em 2019