Por medo do coronavírus, Premier League proíbe aperto de mãos

Campeonato ignorou o próprio contato do jogo e disse que 'vírus é espalhado por gotículas do nariz e da boca e pode ser transmitido para as mãos'

Coronavírus já alterou rotinas nos campeonatos europeus de futebol

Coronavírus já alterou rotinas nos campeonatos europeus de futebol

Carl Recine/Reuters - 1.3.2020

A Premier League anunciou nesta quinta-feira (5) uma decisão um tanto questionável. A organização não quer que jogadores e árbitros se cumprimentem antes das partidas de futebol com medo contaminação do coronavírus.

No comunicado oficial, a liga inglesa parece não ligar para o contato dos jogadores durante o jogo em si, como em jogadas disputadas e até comemoração de gol. O coronavírus já alterou a rotina de diferentes competições na Europa. No Campeonato Italiano, os jogos serão disputados sem torcedores.

“O coronavírus é espalhado por gotículas do nariz e da boca e pode ser transmitido para as mãos e passado através do aperto de mão”, diz o texto.

A liga diz ainda que não há alteração no protocolo de entradas dos clubes em campo.

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook

Internet não perdoa Ronaldinho paraguaio, veja os memes