Futebol Ponte Preta faz treino aberto antes do dérbi pela Série B

Ponte Preta faz treino aberto antes do dérbi pela Série B

Torcida poderá acompanhar último trabalho da Macaca na manhã deste sábado (7) visando o duelo contra o Guarani no dia seguinte

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Lucca (no fundo) é a principal esperanças de gols da Ponte Preta

Lucca (no fundo) é a principal esperanças de gols da Ponte Preta

Diego Almeida/Pontepress

A Ponte Preta resolveu abrir as portas do Estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, em Campinas, para receber o carinho de sua torcida na véspera do dérbi contra o Guarani pela Série B do Brasileiro. O treino deste sábado (7) está previsto para começar às 9h, enquanto o duelo contra o Bugre, que terá novamente torcida única, será as 16h de domingo, no Brinco de Ouro, casa do rival.

“Meus filhos, principalmente o meu menino, que é pequeno mas gosta muito de futebol, sabe o hino e sabe os gritos da torcida. Isso é muito legal. E vê-los felizes é gratificante”, disse o atacante Lucca.

Ele acrescenta que esse clima positivo, inclusive familiar, é muito importante. “Se você está num lugar em que se sente bem, em que as pessoas do clube gostam de você, é um caminho que pode colher muitos bons frutos. Eu vim para cá com esse intuito de estar num lugar que eu me sinta bem, que minha família gosta, isso foi o fator fundamental para eu vir. Gosto muito de vestir a camisa da Ponte Preta, nem sei explicar ao certo o porquê, eu me sinto muito bem com ela”, afirmou ao site da Ponte.

E, no que depender do atacante, tanto ele quanto a família e a torcida se sentirão ainda melhor no domingo.

“Que seja o de domingo mais marcante, que a gente possa vencer, para ser um domingo de Dia das Mães ainda mais especial para a gente. Creio que vai ser um clássico difícil e duro, como sempre. Para jogar um dérbi a motivação tem que estar sempre aflorada e estou muito feliz pelo momento que a gente vive, por tudo que a gente vem construindo, eu vejo a evolução e isso me deixa contente. Que a gente consiga os três pontos e no domingo, depois das 18 horas, a gente vê quem vai comemorar ou não”, destacou.

O camisa 10 termina falando sobre o bom momento dele, dividindo a fase com os colegas de elenco. Além de ser o goleador da Ponte na temporada, com oito gols em 15 jogos, o camisa 10 da Macaca começou a Série B de forma positiva. Ele é o artilheiro com dois gols, é o atleta do elenco que mais finaliza, com média de 3,5 por jogo, que mais acerta chutes (1,3) e dá mais passes decisivos (1,8).

“Creio que não tem nenhum gol meu que eu possa ter feito em uma jogada tão individual. Sempre preciso de todo mundo e, sem dúvida nenhuma, se eu não tivesse meus companheiros para fazer os gols, eu não conseguiria. Até porque o futebol hoje está muito coletivo, dinâmico, todo mundo precisa de todo mundo. Eu prefiro dar mérito para todo o nosso time”, concluiu.

Carille é um deles: veja técnicos com 'passagem relâmpago' nos clubes brasileiros

Últimas