Futebol Polícia Civil prende suspeito de ameaçar Willian, do Corinthians

Polícia Civil prende suspeito de ameaçar Willian, do Corinthians

Rafael Rocha, de 21 anos, foi preso, nesta quinta-feira (2), por suspeita de ameaçar o jogador do Timão pelas redes sociais

Agência Estado - Esportes
Willian registrou boletim de ocorrência nesta quarta-feira (1º)

Willian registrou boletim de ocorrência nesta quarta-feira (1º)

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Rafael Rocha, de 21 anos, auxiliar de nutrição, foi preso, nesta quinta-feira (2), pela Polícia Civil de São Paulo por suspeita de ameaçar o jogador Willian, do Corinthians, pelas redes sociais. O atleta registrou boletim de ocorrência nesta quarta-feira (1º).

Segundo o delegado Cesar Saad, do Drade (Departamento de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva), da Polícia Civil, Rafael afirmou em depoimento não ter ligação com torcidas organizadas e teria pego postagens na internet e copiado. As postagens, que foram apagadas, tinham ameaças às filhas de Willian e a frase 'Ou joga por amor ou joga por terror'.

Rafael Rocha foi preso no Capão Redondo, na zona sul de São Paulo, em sua residência. Ele foi indiciado pelo crime de ameaça por meios eletrônicos e deverá ser solto porque a prisão não foi em flagrante.

Cássio e outros jogadores do elenco do Corinthians também passaram por algo semelhante. No caso do goleiro, era um torcedor corintiano de menor de idade que fazia as ameaças nas páginas do jogador.

De campeão da Champions a agressor de animais: Zouma viu a vida desabar depois de chutar gato

Últimas