Futebol Palmeiras vence Emelec no Equador e segue 100% na Libertadores

Palmeiras vence Emelec no Equador e segue 100% na Libertadores

Gabriel Veron, Rony e Breno Lopes anotaram os gols do Verdão na vitória por 3 a 1 no estádio George Capwell, em Guayaquil

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Atacante Rony comemora gol do anotado durante Palmeiras e Emelec pela Libertadores

Atacante Rony comemora gol do anotado durante Palmeiras e Emelec pela Libertadores

TWITTER/STAFF CONMEBOL

O Palmeiras segue imbatível na Libertadores. A vítima da vez foi o Emelec, que não foi capaz de superar o atual bicampeão do torneio mesmo jogando em casa. Com gols de Rony e Gabriel Veron ainda no 1º tempo, e um belo gol de Breno Lopes na etapa final, o Verdão fez 3 a 1 no Estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador, e manteve a ponta do Grupo A com 100% de aproveitamento. João Rojas, na etapa final, descontou para o time da casa.

Agora, o time comandado pelo técnico Abel Ferreira tem três vitórias em três jogos, com 15 gols marcados e dois sofridos até aqui.

Pela quarta rodada, o Verdão encara o Independiente Petrolero na Bolívia no dia 03 de maio (uma terça-feira). No primeiro encontro entre eles, Rafael Navarro fez quatro e o Palmeiras atropelou vencendo por 8 a 1 no Allianz Parque. 

Antes, o Alviverde volta a campo pela Copa do Brasil, quando encara a juazeirense no próximo sábado (30), pela terceira fase da competição. Devido a agenda de shows no Allianz Parque, a partida será na Arena Barueri. 

O jogo
O duelo contra o Emelec começou com o Palmeiras dominante. Aos 9', Rony desperdiçou a primeira grande chance. O camisa 10 palmeirense contou com a falha da defesa e frente a frente com Pedro Ortiz, do Emelec, mas finalizou fraco.

Já aos 12', em uma troca de passes ofensiva, Gustavo Scarpa apareceu dentro da grande área e chutou na trave adversária.

O Palmeiras tanto pressionou o Emelec que, aos 18', em lançamento longo de Gustavo Scarpa da direita para a esquerda, o atacante Wesley cruzou de primeira para o meio da grande área e Rony, de cabeça, abriu o placar para o Verdão. Com o gol, ele ainda assumiu a artilharia do clube na história da Libertadores, com 13 gols.

Logo aos 24' o Palmeiras aumentou a vantagem. Gabriel Veron, Scarpa e Danilo pressionaram e roubaram a bola na faixa central, Danilo lançou de primeira para Veron, que arrancou do meio-campo e bateu cruzado tirando do goleiro Ortiz, com a perna esquerda: 2 a 0.

Perto do fim do primeiro tempo, aos 41', Rony teve a chance de ampliar. Ele finalizou cruzado depois de um passe do Gabriel Veron, venceu o goleiro rival, mas o zagueiro Guevara salvou em cima da linha.

Segundo tempo
Precisando tirar o prejuízo de dois gols, o Emelec se atirou para o ataque e logo aos 5' assustou o goleiro Weverton em chute de fora da área de Alexis Zapata.

Aos 15', o Palmeiras conseguiu o primeiro ataque na etapa final e perdeu uma chance íncrivel com Rony. O atacante tentou cabecear uma bola que já estava praticamente no chão e perdeu.

O castigo veio dois minutos depois. Sebastián Rodríguez mandou um passe longo, o lateral-direito Mayke falhou feio no corte e o atacante João Rojas, cara a cara com Weverton, não desperdiçou e guardou: 2 a 1.

O time da casa cresceu no jogo. Aos 22', depois de um erro na saída de bola palmeirense, Cabezas cruzou na área e tentando afastar o perigo, Kuscevic deu um bico na bola com a perna esquerda, mas o corte foi para trás e quase garantiu o empate dos equatorianos.

Aos 30', depois de um bate e rebate na área, em decorrência de um escanteio, o zagueiro Quintero, que entrou ainda no primeiro tempo, conseguiu chutar em direção ao gol e Weverton espalmou para fora.

Aos 38', Gabriel Menino, que tinha acabado de entrar, ganhou uma dividida no meio-campo e finalizou no gol de Pedro Ortiz, que defendeu com um soco para frente.

O Emelec seguiu tentando buscar o gol de empate, mas a boa defesa palmeirense segurou a vantagem. No fim, ainda deu tempo de Breno Lopes sacramentar a vitória alviverde com um belo gol. O relógio já marcava 47' quando ele ganhou a dividida, avançou pela lateral e mandou na área, mas a bola encobriu o goleiro Ortíz e entrou: 3 a 1 e fim de papo no Equador.

FICHA TÉCNICA
Emelec 1 x 3 Palmeiras
Local: Estádio George Capwell, em Guayaquil (Equador)
Data e hora: quarta-feira (27/4), às 21h (de Brasília)
Arbitragem: Patrício Loustau (Argentina)
Auxiliares: Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa (ambos da Argentina)
Quarto árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Cartão amarelo: Quintero aos 33' 1º/T, Guevara aos 3' 2º/T, Alexis Zapata aos 23' 2°/T e Dixon Arroyo aos 35' 2º/T (Emelec); Wesley aos 11' 2º/T e Gustavo Scarpa 35' 2º/T (Palmeiras)

Gols: Rony aos 18' 1º/T, Gabriel Veron aos 24' 1º/T e Breno Lopes aos 47'/2ºT (Palmeiras); João Rojas aos 17' 2º/T (Emelec)

EMELEC (EQU): Pedro Ortiz; Anibal Leguizamon (Quintero), Eddie Guevara, Carabalí e Bruno Pittón; Dixon Arroyo, Sebastian Rodriguez (Romário Caicedo), João Rojas e Alexis Zapata; Cevallos (Wittle) e Alejandro Cabeza. Técnico: Ismael Rescalvo.

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez e Kuscevic; Piquerez, Atuesta (Fabinho), Danilo, Gabriel Veron (Breno Lopes) e Gustavo Scarpa (Gabriel Menino); Wesley (Jorge) e Rony (Navarro). Técnico: Abel Ferreira.

Liverpool vence o Villarreal por 2 a 0 e fica perto da final da Champions

Últimas