Futebol Palmeiras repete o placar do jogo de ida e avança na Copa do Brasil

Palmeiras repete o placar do jogo de ida e avança na Copa do Brasil

Com gols de Danilo e Raphael Veiga no Estádio do Café, em Londrina, Verdão venceu a Juazeirense por 2 a 1 e garantiu a vaga

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Danilo e Raphael Veiga comemoram gol na vitória contra a Juazeirense no Estádio do Café

Danilo e Raphael Veiga comemoram gol na vitória contra a Juazeirense no Estádio do Café

Cesar Greco/Palmeiras - 11.05.2022

O Palmeiras evitou qualquer surpresa pela Copa do Brasil. Jogando no Estádio do Café, em Londrina (PR), na noite desta quarta-feira (11), repetiu o placar do jogo de ida contra a Juazeirense e garantiu vaga nas oitavas de final. Com gols de Danilo e Raphael Veiga, o Verdão venceu o duelo de volta da terceira fase por 2 a 1 e está classificado. Nildo Petrolina descontou para o time baiano.

Com a classificação assegurada, a equipe treinada por Abel Ferreira agora espera os demais classificados para conhecer seu adversário em sorteio realizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), ainda sem data definida.

Próximos jogos
Antes disso, o Palmeiras volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, em que ainda não conseguiu engrenar no ano. O time enfrenta o RB Bragantino no próximo sábado (14), às 16h30, pela sexta rodada, e, se vencer o rival, vai ultrapassá-lo na tabela de classificação.

Já a Juazeirense terá apenas a Série D para se dedicar no restante da temporada. Atualmente, o time baiano tem oito pontos no Grupo D e enfrenta, no domingo (15), às 16h, o Atlético, também da Bahia, no Estádio Adauto Moraes.

O jogo
O primeiro lance de perigo veio logo aos 2' do primeiro tempo. E foi do Palmeiras. Depois de ganhar a bola no meio de campo, Rony lançou para Dudu, que cortou para o meio e chutou no travessão de Rodrigo Calaça.

Aos 13', o volante Danilo, novo convocado da seleção brasileira, fez belo lançamento para Rony aparecer sozinho na grande área, mas o atacante não conseguiu cabecear na direção do gol, e a bola saiu por cima.

Três minutos depois, o zagueiro Murilo, ao melhor estilo Zé Rafael, meteu uma bola de trivela do meio para o ataque, e quem apareceu para finalizar foi seu companheiro de zaga, Gustavo Gómez. O goleiro adversário afastou o perigo.

O Verdão seguiu melhor, dominando as ações do jogo, mas não convertia as chances em gols. Aos 42', enfim, o gol saiu. Após cobrança ensaiada de escanteio com Marcos Rocha, Gustavo Scarpa lançou na área, Rony tentou de cabeça, o goleiro Rodrigo Calaça espalmou para o lado e Danilo aproveitou: 1 a 0.

Etapa final
Logo aos 5' do segundo tempo, a única chance da Juazeirense até então terminou em gol. Dadinha levou a melhor sobre Jorge na corrida e cruzou na grande área para a chegada de Nildo Petrolina, que completou para o gol, empatando o duelo.

A resposta palmeirense se deu aos 8'. Depois do cruzamento de Marcos Rocha, Rony venceu a disputa com a defesa adversária e finalizou para a defesa de Rodrigo Calaça. Dez minutos depois, Danilo chutou de fora da área, mas o goleiro adversário encaixou no canto do gol.

O Verdão seguiu com a posse de bola ofensiva, mas diminuiu o ritmo e acabou não levando perigo ao gol da equipe baiana até os 30' da etapa final. Aos 33', após bate e rebate na área, Marcos Rocha cruzou na área, a bola bateu no lateral-esquerdo Daniel e o árbitro Bruno Arleu marcou pênalti para o Verdão.

Aos 37', a penalidade máxima foi convertida pelo meia Raphael Veiga, que chegou à incrível marca de 23 pênaltis convertidos de forma consecutiva, garantindo o 2 a 1 e confirmando a vaga palmeirense nas oitavas de final da Copa do Brasil.

​FICHA TÉCNICA
Juazeirense 1 x 2 Palmeiras
Local: Estádio do Café, Londrina (PR)
Data e hora: quarta-feira (11/5), às 19h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
Quarto árbitro: José Mendonça da Silva Júnior (PR)
Cartões amarelos: Wendell, aos 8' 2º/T, e Daniel, aos 32' 2º/T (Juazeirense)

Gols: Danilo, aos 42' 1º/T, e Raphael Veiga (pênalti), aos 37' 2º/T (Palmeiras); Nildo Petrolina, aos 5' 2º/T (Juazeirense)

JUAZEIRENSE-BA: Rodrigo Calaça; Dadinha, Eduardo, Wendell e Daniel; Waguinho, Patrik (Érico Júnior), Clebson (Nixon) e Nildo Petrolina (Thalison); Ian (Thauan) e Deysinho (Anicete). Técnico: Barbosinha

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Murilo; Jorge, Danilo, Zé Rafael (Atuesta), ​Gustavo Scarpa​ e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Rony (Navarro) e Dudu (Breno Lopes)​​. Técnico: Abel Ferreira

Ex-jogador do Ajax morre após ser espancado pela própria família

Últimas