Palmeiras joga bem e bate o Tigre por 2 a 0 na estreia da Libertadores

Com gols de Luiz Adriano e Willian, Alviverde não se intimida com torcida argentina e consegue a sua primeira vitória na competição continental

Luiz Adriano fez o gol que abriu caminho para a vitória do Palmeiras

Luiz Adriano fez o gol que abriu caminho para a vitória do Palmeiras

NATACHA PISARENKO/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Começou bem o sonho do Palmeiras de voltar a conquistar a Libertadores! Mesmo atuando fora de casa, o Alviverde se impôs desde o início e bateu o Tigre por 2 a 0 na noite desta quarta-feira

Luiz Adriano e Willian marcaram os gols do jogo, que já deixam o time brasileiro na liderança do Grupo B, com 3 pontos. Os comandados de Vanderlei Luxemburgo voltam à campo pela competição continental na próxima terça-feira, quando recebem o Guaraní-PAR no Allianz Parque.

O jogo
Atuando com uma formação diferente, com quatro homens mais adiantados, já que Dudu era o responsável pela armação, o Palmeiras não demorou a criar suas primeiras oportunidades. Aos 9, Rony recebeu lançamento de Felipe Melo e errou na hora de finalizar.

Pouco depois, aos 15, não teve jeito. Em jogada que começou com Gabriel Menino e passou por Willian e Dudu, a bola chegou em Luiz Adriano, que cortou o marcador e bateu colocado para fazer 1 a 0.

A desvantagem fez o Tigre sair mais para o jogo. As principais oportunidades eram criadas por Morales, que chegou a dar trabalho para Weverton aos 20.

Aos 33, Melivillo aproveitou saída errada de Gabriel Menino, girou sobre a marcação e chutou rasteiro. A bola passou bem perto do gol alviverde.

Na volta para a segunda etapa, o Palmeiras se mostrou mais ativo em relação à reta final da primeira etapa. Logo aos 6, Dudu deu belo chapéu no marcador e ajeitou para Ramires. O volante bateu forte e a bola explodiu no travessão.

Aos 15, a missão dos brasileiros foi facilitada, já que Acuña recebeu o cartão vermelho após falta dura em Rony.

Não demorou para o segundo gol sair. Rony recebeu na esquerda e encontrou Willian. O atacante dominou e bateu com caprinho, no ângulo de Marinelli, marcando um belo gol.

Com o jogo já praticamente definido, o Palmeiras ainda criou outras oportunidades. Aos 26, Rony perdeu grande chance. No lance seguinte, Willian foi derrubado pelo goleiro do Tigre e ficou pedindo pênalti, mas o árbitro não marcou nada.

Aos 37, novamente Willian criou problemas para os argentinos. Ele tentou o cruzamento, mas a bola desviou na zaga e explodiu na trave.

TIGRE-ARG 0 x 2 PALMEIRAS

Local: Estádio José Dellagiovanna, em Victoria, Buenos Aires (Argentina)
Data-Hora: 4/3/2020 - 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldan (COL) 
Assistentes: Dionisio Ruiz e Miguel Roldan (ambos da Colômbia)
Cartão amarelo: Ortiz (TIG), Gabriel Menino (PAL)
Cartão vermelho: Acuña (TIG)

GOLS: Luiz Adriano, 15'/1ºT (0-1), Willian, 19'/2ºT (0-2)

TIGRE: Marinelli; Acuña, Alcoba, Moiraghi e Lucas Rodríguez; Prediger, Ortiz (Domínguez, 27'/2ºT), Cavallaro (Luna, 31'/2ºT) e Melivillo (Galmarini, 24'/2ºT); Diego Morales e Dening. Técnico: Néstor Gorosito.

PALMEIRAS: Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Ramires (Luan, 20'/2ºT) e Dudu; Rony, Willian e Luiz Adriano (Gabriel Veron, 22'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Nova namorada de Jean é condenada a 116 anos de prisão