Palmeiras empata com Boca Juniors e é eliminado na Copa Libertadores

Time foi valente no Allianz Parque e chegou a estar a dois gols da classificação antes tida como improvável; final será pela primeira vez entre argentinos

Abila abriu placar para Boca Juniors contra Palmeiras ainda no primeiro tempo

Abila abriu placar para Boca Juniors contra Palmeiras ainda no primeiro tempo

Leonardo Benassatto/Reuters - 31.10.2018

O Palmeiras honrou o mosaico desta quarta-feira (31), no Allianz Parque, que pedia: “lutem por nós”. Os jogadores bem que tentaram buscar o resultado, mas empataram com o Boca Juniors por 2 a 2 e acabou eliminado na semifinal da Copa Libertadores.

O Boca agora faz a primeira final argentina da história da competição continental. O time enfrenta logo o rival River Plate, que eliminou o Grêmio na última terça. As datas ainda não foram confirmadas pela Conmebol.

Leia mais: Daniel foi espancado por 4 homens e implorou pela vida, diz testemunha 

Como havia perdido o primeiro jogo da semifinal por 2 a 0, o Palmeiras tratou de transformar o Allianz Parque em um caldeirão tal qual La Bombonera. Deu certo. A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari entrou em campo disposta a fazer sua parte e dar alegria aos 40.299 torcedores.

E o Verdão até chegou ao gol antes dos 10 minutos com Bruno Henrique. No entanto, após alerta do VAR (árbitro assistente de vídeo, na sigla em inglês), o árbitro colombiano Vilmar Roldán marcou impedimento de Deyverson na origem da jogada. Apesar dos protestos, o lance foi anulado.

O golpe mesmo aconteceu aos 17 minutos da etapa inicial. Villa cruzou da ponta direita e encontrou o centroavante Ábila na pequena área para só desviar para o fundo do gol. O goleio Weverton nada pôde fazer cara a cara com o ex-cruzeirense. Naquele momento, o Palmeiras precisava de quatro gols para se classificar.

Ainda no fim do tempo, os palmeirenses reclamaram de toque de mão de Pablo Pérez dentro da área. O árbitro não deu o pênalti e também ignorou o escanteio. 

Perto da virada

Felipão então tratou de tirar Bruno Henrique e colocar Moisés no segundo tempo — havia optado por Lucas Lima e Deyverson para a partida em casa. A equipe chegou ao gol aos 7 minutos. Felipe Melo cabeceou para área e Luan estufou as redes. Na contagem regressiva, faltavam três gols para o Verdão.

Luan marcou e recolocou Palmeiras na partida

Luan marcou e recolocou Palmeiras na partida

Paulo Whitaker/Reuters - 31.10.2018

O que parecia impossível, aos 15 minutos, já parecia ser um tanto mais crível. Dudu levou uma trombada na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o zagueiro Gustavo Gómez cobrou firme e marcou para o Palmeiras. Faltavam dois gols.

O impacto do gol foi embora e o Boca mostrou porque tem seis títulos de Libertadores. Benedetto, que havia marcado os dois gols na partida de ida, deixou Felipe Melo facilmente para trás e chutou no canto direito do goleiro Weverton. O jogador foi substituído pouco depois do lance capital.

Justamente pelo empenho da equipe, a torcida tratou de aplaudir os jogadores apesar de adiado o sonho do segundo título da Libertadores. 

Curta a página de Esportes do R7 no Facebook