Futebol Onze jogadores de futebol são presos em Hong Kong por manipulação de resultados

Onze jogadores de futebol são presos em Hong Kong por manipulação de resultados

Atletas detidos, que recebiam R$ 6.300 por partida fraudada, são suspeitos de corrupção, manipulação e jogo ilegal 

  • Futebol | Da AFP

Resumindo a Notícia
  • Onze jogadores e um técnico foram presos em Hong Kong por manipulação de resultados.

  • Os suspeitos são acusados de corrupção, manipulação e jogo ilegal.

  • Segundo imprensa local, o time envolvido é o Happy Valley, tradicional clube de Hong Kong.

  • Atletas recebiam cerca de R$ 6.300 por partida fraudada.

Happy Valley é um tradicional e vitorioso clube de Hong Kong

Happy Valley é um tradicional e vitorioso clube de Hong Kong

Reprodução Instagram @hvaafootball

Os escândalos de manipulação de jogos não são uma exclusividade do futebol brasileiro. Em Hong Kong, 11 jogadores e um técnico foram presos nesta terça-feira (16), acusados de aceitar dinheiro para forjar resultados em partidas da primeira divisão do futebol local. As informações são da Comissão Independente contra a Corrupção (Icac), que prendeu um total de 23 pessoas em operação que contou com mais de cem agentes da polícia. 

"Esta é a mais importante operação dos últimos anos da Icac contra a manipulação de resultados", disse Kate Cheuk, chefe da investigação, em entrevista coletiva. As pessoas presas são suspeitas de corrupção, manipulação de resultados e jogo ilegal, disse Cheuk.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

O nome do clube envolvido no esquema não foi divulgado pelo órgão, mas, segundo a imprensa local, trata-se do Happy Valley, seis vezes campeão da primeira divisão de Hong Kong e um dos mais tradicionais e vencedores times da região, com mais de 70 anos de história.

Os investigadores, por mais que não tenham revelado o nome do clube, afirmaram que o time envolvido no escândalo disputa a primeira divisão do campeonato local e ressaltaram que a equipe em si teve oito vitórias em 26 jogos. Essa é a exata campanha do Happy Valley na temporada, que ocupa a 10ª colocação na tabela. 

Segundo as investigações, os jogadores que participaram do esquema de manipulação de resultados teriam recebido até 10 mil dólares de Hong Kong, equivalentes a 1.200 euros, ou 1.300 dólares (cerca de R$ 6.300) por partida fraudada. 

Veja as conversas entre jogadores e criminosos envolvidos no escândalo das apostas no futebol

Últimas