Futebol Mendy ficará sob custódia da polícia após acusação de estupro

Mendy ficará sob custódia da polícia após acusação de estupro

Jogador do Manchester City se apresentou à Justiça nesta sexta e foi acusado por quatro delitos de estupro e um de violência sexual

Agência Estado - Esportes

Benjamin Mendy, do Manchester City, está sob custódia da polícia após acusação de estupro

Reuters/Andrew Couldridge

O lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, do Manchester City, permanecerá sob custódia da polícia, após ir nesta sexta-feira (27) a um tribunal da Inglaterra, onde foi formalmente acusado por quatro delitos de estupro e um de violência sexual, informaram fontes ligadas ao caso.

Na quinta-feira, o clube de Manchester anunciou a suspensão preventiva do defensor, diante das investigações conduzidas pelas autoridades locais. As acusações contra Mendy se baseiam nas denúncias de três maiores de 16 anos em relação a fatos supostamente ocorridos entre outubro de 2020 e agosto de 2021, segundo detalharam fontes policiais em um comunicado oficial.

Em audiência realizada nesta sexta-feira no tribunal de Chester, no noroeste da Inglaterra, o Ministério Público apresentou formalmente as acusações contra o jogador do Manchester City.

Durante a sessão, Mendy apenas se manifestou para dizer o nome, a idade e o endereço que vive. Em seguida, passou para custódia policial, condição em que permanecerá até o próximo dia 10, quando acontecerá outra audiência envolvendo os casos.

Em um comunicado oficial, o Manchester City afirmou que "o assunto está sujeito a um processo legal e, portanto, o clube não pode fazer mais comentários até que o processo seja concluído".

Jogador do City é afastado após múltiplas acusações de estupro

Últimas