Campeonato Brasileiro

Futebol Luis Castro mostra incômodo após derrota do Botafogo

Luis Castro mostra incômodo após derrota do Botafogo

Treinador indicou seu futuro caso as vitórias não apareçam na temporada

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luís Castro no comando do Botafogo

Luís Castro no comando do Botafogo

Vítor Silva/Botafogo

Na noite desta quinta-feira (9), em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque, o Botafogo foi presa fácil para o Palmeiras, que aplicou um 4 a 0 categórico sem ser assustado dentro de casa.

Em entrevista coletiva realizada após o duelo, o técnico Luís Castro se mostrou extremamente incomodado com o resultado e indicou que, caso a situação continue, ele sabe que deve perder o cargo. 

"Nada está posto em causa em termos daquilo que é nosso trabalho e do que devemos fazer. Agora, está em causa claramente em termos de resultado. E se os resultados não acontecerem, como não estão acontecendo, sei aquilo que me espera. Sei das minhas responsabilidades. Se você não ganhar, tem que sair e entrar outro em meu lugar", disse o português.

O Botafogo vive fase de queda brusca quanto ao seu rendimento na temporada e já chegou a marca de quatro jogos sem vitória. Há um questionamento sobre o grupo atual, se os reforços contratados não estão ajudando tecnicamente, mas a verdade é que o Glorioso parece ter saído dos trilhos.

"Quando acontecem esses resultados negativos, temos que perceber porque acontecem. Hoje aconteceu por falta de intensidade, por falta de ganhar duelos, isso fez com que o Palmeiras tivesse 14 finalizações dentro da nossa área. Tivemos 12 remates, tivemos 100 ataques e eles 100 ataques, tudo se resume à qualidade dos ataques e a forma como atacamos, nós com pouca verticalidade e o Palmeiras com muita verticalidade. Ou conseguimos fazer bem, ou tem que vir alguém que faça-o bem", concluiu Castro.

Com 12 pontos na tabela de classificação, o Botafogo. O Alvinegro agora vira a chave para o próximo compromisso pelo Brasileirão, na segunda-feira (13), às 19h, contra o Avaí.

Últimas